Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 19/02/2014
  • 22:31

Yeda volta a ser ré no processo da Operação Rodin

Ex-governadora responde por improbidade administrativa

Yeda volta a ser ré no processo da Operação Rodin | Foto: Fabiano do Amaral / CP Memória

Yeda volta a ser ré no processo da Operação Rodin | Foto: Fabiano do Amaral / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

A ex-governadora Yeda Crusius voltou a ser ré em uma das ações de improbidade administrativa da Operação Rodin, que investigou fraude milionária no Detran. A tramitação do processo havia sido suspensa em relação a ela em 2011, no aguardo de apreciação do STJ sobre competência da Justiça Federal de 1º Grau para processar e julgar governadores.

O STJ entendeu, porém, haver cabimento na ação, com dispensa do foro privilegiado. Diante disso, o juiz Loraci Flores de Lima, da 3ª Vara Federal de Santa Maria, determinou o prosseguimento da ação contra Yeda.

Bookmark and Share