Porto Alegre, sábado, 29 de Novembro de 2014

  • 24/02/2014
  • 13:14
  • Atualização: 13:58

Ex-deputado Roberto Jefferson é preso no Rio de Janeiro

Jefferson foi condenado a sete anos e 11 dias em regime semiaberto no processo do mensalão

Ex-deputado  se entregou na manhã desta segunda-feira | Foto: Daniel Marenco / Folhaprss / CP

Ex-deputado se entregou na manhã desta segunda-feira | Foto: Daniel Marenco / Folhaprss / CP

  • Comentários
  • Agência Brasil

O ex-deputado federal Roberto Jefferson se entregou à Polícia Federal na manhã desta segunda-feira. Na última sexta-feira (21), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, determinou a prisão de Jefferson, condenado a sete anos e 11 dias de prisão em regime semiaberto na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

Barbosa rejeitou pedido de defesa de Jefferson, feito no final do ano passado, para que o condenado cumprisse prisão domiciliar devido ao seu estado de saúde. Em 2012, o ex-parlamentar fez uma cirurgia para retirada de um tumor no pâncreas.

Jefferson publicou na rede social algumas das declarações que fez em entrevista à Rádio Estadão, na manhã de hoje. "A prisão é mais uma provação na minha vida, um teste duro, mas acredito que vou sair mais amadurecido disso tudo", disse Jefferson no Twitter. "Deus só dá carga a quem pode carregar. Sou "harleiro" e botafoguense, estou acostumado a sofrer", disse o ex-deputado, que pilota uma moto Harley Davidson. "Estou em paz, a prisão é meu destino e vou cumprir", tuitou.

Jefferson disse não se arrepender de ter denunciado o esquema do mensalão, reclamou de ser chamado de "delator" e informou que pretende pedir autorização para trabalhar, depois que for preso, mas ressalvou que pretende "esperar a liturgia da Justiça".


Bookmark and Share