Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 24/02/2014
  • 18:25
  • Atualização: 18:27

Três dos quatro envolvidos na Operação Carmelina pagam fiança

Advogado suspeito de liderar fraude contra 30 mil clientes está foragido

  • Comentários
  • Acácio Silva / Correio do Povo

Três dos quatro envolvidos na fraude milionária comandada pelo advogado suspeito de ter lesado mais de 30 mil clientes em valores superior a R$ 100 milhões, pagaram fiança na tarde desta segunda-feira. A esposa do advogado pagou, através de um representante, o valor de R$ 724 mil.

Além dela, outras duas pessoas também pagaram a fiança no valor de R$ 144 mil cada um. O quarto envolvido entrou com uma petição pedindo um prazo maior para efetuar o pagamento de R$ 144 mil.

• Decretada prisão preventiva de advogado suspeito de lesar 30 mil clientes
• Quadrilha de advogados e contadores investigada por lesar 30 mil gaúchos

Na última sexta-feira, o juiz Orlando Fachini Neto, que respondia interinamente pela 3ª Vara Criminal, decretou a prisão preventiva do advogado apontado como líder da quadrilha, mas negou dos outros quatro envolvidos, determinando, porém, o pagamento de fiança em 72 horas. Caso não pagassem os valores, os quatro poderiam ser presos.

O suspeito de liderar a fraude continua foragido nos Estados Unidos, onde é procurado pelo FBI, a polícia federal americana. Ele estaria acompanhado da mulher e de outros membros da família. O advogado é acusado de apropriação indébita, onde ficava com valores total ou parte dos recursos de clientes, que haviam ganho ações na Justiça contra empresas de telefonia.

Bookmark and Share