Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 25/02/2014
  • 15:34
  • Atualização: 15:41

Servidores do Grupo Hospitalar Conceição decretam estado de greve

Trabalhadores já agendaram paralisações de advertência nos dias 11 e 20 de março

  • Comentários
  • Samantha Klein/Rádio Guaíba

Os funcionários do Grupo Hospitalar Conceição decretaram estado de greve após a realização de assembleia na tarde desta terça-feira. Com a decisão, já foram agendadas paralisações de advertência nos dias 11 e 20 de março. Os trabalhadores do Hospital Conceição devem paralisar as atividades entre 7h e 19h.

A categoria reivindica aumento real de 4% para todos os servidores e equiparação do vale-alimentação ao valor pago aos funcionários do Hospital de Clínicas, considerado parâmetro para os servidores federais. “A nossa luta é para fechar ainda as convenções de dissídio coletivo do ano passado. Mas temos outros pontos importantes que fecharam a greve de 2012 como o subsídio de R$ 350 para a alimentação. Além disso, queremos acabar com a partidarização na eleição nos gestores do GHC. A interferência partidária no dia a dia é muito grande”, sustenta o presidente da Associação dos Servidores, Valmor Guedes.

Os trabalhadores não descartam a participação em reunião de negociação com a direção do GHC. Está agendada uma nova assembleia no dia 7 de março para uma nova rodada de propostas da administração. Em reunião no último dia 21, a diretoria do hospital informou que não haveria qualquer concessão de aumento. A direção do grupo ainda não se manifestou a respeito da ameaça de greve.

Bookmark and Share