Porto Alegre, terça-feira, 25 de Novembro de 2014

  • 12/03/2014
  • 16:08
  • Atualização: 16:43

Abertos envelopes para licitação de pardais no Estado

Empresa escolhida para administração do serviço será definida pela Celic

  • Comentários
  • Camila Kila/Rádio Guaíba

Os envelopes de um dos editais da licitação para instalação de controladores de velocidade nas rodovias gaúchas foram abertos nesta quarta-feira. A documentação da Perkons S/A, referente à colocação de 34 equipamentos, foi recebida na Secretaria Estadual da Administração. A proposta da outra concorrente, Fiscal Tecnologia e Automação Ltda já havia sido conhecida antes do procedimento ser suspenso judicialmente.

Agora, a Central de Licitações do Estado (Celic) irá julgar as propostas de preço e definir a empresa escolhida. Caso não haja recursos, a expectativa é de que até o final de abril a escolhida possa realizar uma demonstração técnica. Para isso, os pardais serão instalados nas sete rodovias previstas neste edital. Após, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) irá verificar o funcionamentos dos equipamentos e julgar se está de acordo com o previsto. Somente após esta etapa, caso não haja problemas de operação, o contrato será assinado.

No outro edital, para instalação de 11 controladores em seis rodovias, os envelopes das concorrentes serão abertos às 10h desta sexta-feira. A licitação prevê uma verba de R$ 8,8 milhões para instalação e manutenção de 45 pardais e 21 câmeras de monitoramento em estradas do Rio Grande do Sul.

A contratação vale por dois anos, com possibilidade de renovação. A previsão inicial do Daer era iniciar a colocação dos pardais em locais prioritários ainda durante o verão. O prazo não se confirmou em razão de decisões judiciais que atrasaram o processo. O contrato anterior foi rescindido em 2010, quando os pardais deixaram de aplicar multas em território gaúcho.

Confira as rodovias que devem receber controladores eletrônicos de velocidade no RS:

ERS 030 (Osório a Tramandaí): dois pardais e duas câmeras;
ERS 040 (Viamão a Pinhal): dois pardais e uma câmera;
ERS 122 (Rincão do Cascalho a Caxias do Sul): oito pardais e duas câmeras;
ERS 239 (Novo Hamburgo a Rolante): oito pardais e duas câmeras;
ERS 240 (Vila Scharlau a Montenegro): quatro pardais e duas câmeras;
ERS 389 (Osório a Torres): cinco pardais e três câmeras;
RSC 453 (Venâncio Aires a Tainhas): cinco pardais e duas câmeras;
ERS 135 (Passo Fundo a Erechim): um pardal;
ERS 324 (Passo Fundo a Nova Prata): dois pardais e uma câmera;
ERS 342 (Ijuí a Cruz Alta): um pardal;
RSC 153 (Passo Fundo a Tio Hugo): dois pardais;
RSC 287 (Montenegro a Santa Maria): quatro pardais e quatro câmeras;
RSC 470 (Nova Prata a Bento Gonçalves): um pardal e uma câmera. 

Bookmark and Share