Porto Alegre, quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

  • 17/03/2014
  • 13:03
  • Atualização: 13:35

Operação Lava Jato prende 24 pessoas por lavagem de dinheiro

No RS, mandados de busca foram cumpridos em casa de engenheiro e jornalista

PF apreendeu carros de luxo | Foto: PF / Divulgação / CP

PF apreendeu carros de luxo | Foto: PF / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Pelo menos 24 pessoas foram presas pela Polícia Federal (PF), que desencadeou a operação Lava Jato nesta segunda-feira em seis estados e no Distrito Federal. Em Porto Alegre, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na casa do engenheiro Eduardo Antonini e do jornalista Marcos Martinelli. 

Foram apreendidos carros de luxo, jóias e grande quantidade de dinheiro em moeda nacional e estrangeira. Também foram sequestrados imóveis com ordem judicial. No Distrito Federal, três suspeitos foram presos. Um deles é o dono de um dos maiores postos de combustíveis da área central de Brasília, próximo à Torre de TV, onde também funciona uma lavanderia e uma casa de câmbio.

A PF investiga a atuação de quatro organizações criminosas especializadas em lavagem de dinheiro. As operações ilegais superam o montante de R$ 10 bilhões, de acordo com informações fornecidas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF/MF). Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal do Paraná. A operação contou com a participação de aproximadamente 400 policiais federais.

Os grupos investigados além de envolver alguns dos principais personagens do mercado clandestino de câmbio no Brasil é responsável pela movimentação financeira e lavagem de ativos de diversas pessoas físicas e jurídicas envolvidas com crimes como o tráfico internacional de drogas, corrupção de agentes públicos, sonegação fiscal, evasão de divisas, extração, contrabando de pedras preciosas, desvios de recursos públicos.

A operação foi intitulada Lava Jato porque um dos grupos fazia uso de uma rede de lavanderias e postos de combustíveis para movimentar os valores oriundos de práticas criminosas.

Bookmark and Share