Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 19/03/2014
  • 14:40
  • Atualização: 14:53

Homem mata mulher e atira corpo em cascata em Gramado

Polícia Civil e Bombeiros resgataram vítima de penhasco com 40 metros de altura

Penhasco tem 40 metros de altura e é de difícil acesso | Foto: Halder Ramos / Especial CP

Penhasco tem 40 metros de altura e é de difícil acesso | Foto: Halder Ramos / Especial CP

  • Comentários
  • Halder Ramos / Correio do Povo

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil (PC) de Gramado, na Serra gaúcha, resgataram nesta quarta-feira o corpo de uma jovem que estava desaparecida desde a última quinta-feira. Após uma briga com o companheiro, a mulher, de 24 anos, foi morta e seu corpo foi atirado na Cascata da Morte, a 40 metros de altura. O casal morava em frente ao despenhadeiro, no bairro Floresta.

Segundo o delegado de Gramado, Gustavo Barcellos, a família da vítima registrou a ocorrência de desaparecimento na segunda-feira e a PC iniciou os trabalhos de investigação. “Depois que ela sumiu, o marido fez a mudança e não foi mais localizado. Ela havia registrado ocorrência de Maria da Penha contra o companheiro”, contou Barcellos.

Conforme ele, o marido assumiu a autoria do crime. O homem fugiu para o município de Barra do Ribeiro, onde se apresentou, prestou depoimento e informou o paradeiro do corpo. “Ele disse que havia jogado a vítima na cascata que fica na frente da casa onde eles moravam. Fizemos as buscas e acionamos os bombeiros para fazer a remoção”, acrescentou o delegado. O local era de difícil acesso.

O corpo foi encaminhado para necropsia para apurar a causa da morte. “Acreditamos que ela tenha sido morta com golpe de objeto contundente, mas só a perícia vai informar a causa real”, finalizou.


Bookmark and Share