Correio do Povo

Porto Alegre, 25 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
11ºC
Amanhã
17º


Faça sua Busca


Notícias > Geral > Trânsito

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

20/03/2014 11:10 - Atualizado em 20/03/2014 12:50

Cresce número de ciclistas mortos em Porto Alegre

Em 2013 foram nove casos contra cinco no ano anterior, aponta EPTC

Ciclista de 21 anos morreu atropelada por ônibus<br /><b>Crédito: </b> Samuel Maciel
Ciclista de 21 anos morreu atropelada por ônibus
Crédito: Samuel Maciel
Ciclista de 21 anos morreu atropelada por ônibus
Crédito: Samuel Maciel

Apesar dos investimentos em ciclovias, o número de ciclistas mortos em Porto Alegre aumentou 80% em 2013 em comparação a 2012. No ano passado foram nove mortes contra cinco no ano anterior, de acordo com dados da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). Em contrapartida, a quantidade de acidentes e feridos teve queda de 20% em cada uma das situações no mesmo período.

Segundo o vereador Marcelo Sgarbossa (PT), os números mostram uma necessidade de investimento em ciclovias nas áreas periféricas da Capital. “As ciclovias tem sido prioridade na área mais central, onde os casos de acidentes são menores”, argumentou.

O plano cicloviário prevê 400 quilômetros de ciclovias, porém pouco mais de 20 quilômetros já foram realizados. “As pessoas estão usando mais a bicicleta como alternativa de mobilidade urbana, e o ritmo que a Prefeitura tem implementado as ciclovias é um ritmo de tartaruga, quando a cultura já está mais adiantada”, completou o vereador.

Nesta manhã uma ciclista de 21 anos morreu ao ser atingida enquanto circulava pelo corredor de ônibus da avenida Érico Veríssimo. O acidente envolveu um coletivo da linha Belém Velho, consórcio STS, próximo à Venâncio Aires, na zona Leste da Capital.

O titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Leandro Araújo, afirmou que o trabalho da perícia deve ser concluído em dez dias. "O motorista relatou que trafegava na Érico Verissimo numa velocidade entre 32 km/h e 40 km/h. Apenas o tacógrafo poderá determinar se o caso foi um acidente ou se ele foi imprudente", explicou Araújo.

O delegado informou ainda que o condutor do ônibus da linha Belém Velho tentou frear quando percebeu a ciclista ingressando no corredor. "Segundo o motorista, a vítima olhou para o lado contrário antes de atravessar", acrescentou.

Bookmark and Share


Fonte: Marcos Koboldt / Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.