Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 28/03/2014
  • 23:47
  • Atualização: 23:50

Polícia Civil apreende menor suspeito por morte de instrutor de auto-escola

Adolescente de 17 anos detido no bairro Agronomia tem antecedentes por tráfico

Instrutor foi assassinado na madrugada desta quinta-feira | Foto: Álvaro Grohmann / Especial / CP

Instrutor foi assassinado na madrugada desta quinta-feira | Foto: Álvaro Grohmann / Especial / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Polícia Civil informou, no fim da noite desta sexta-feira, que um menor de 17 anos foi apreendido sob suspeita de ter efetuado os disparos que causaram a morte de instrutor de auto-escola, em Porto Alegre. Conforme nota da corporação, o adolescente foi localizado no bairro Agronomia e encaminhado à Delegacia de Polícia para Crianças e Adolescentes para prestar depoimento.

O suspeito, conforme a investigação, tem antecedentes por tráfico de drogas, lesão e ameaça. O instrutor, Rodrigo Luis Turco Russo, estava ensinando uma aluna em Chevrolet Celta quando apareceram dois jovens armados. A dupla estava prestes a fugir com o veículo quando atiraram na vítima. Horas depois, a bolsa da aluna, sem dinheiro e documentos, foi encontrada caída na área. O efetivo do 19º BPM foi acionado e realizou buscas na região.

Ao amanhecer, os moradores da rua 3 da vila Cefer 1 se depararam com o Celta estacionado parcialmente em cima de uma calçada. Acionados, os policiais militares do 20º BPM isolaram o entorno onde estava o carro. Agentes da 1ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (1ª DPPA) também estiveram presentes. Uma câmera de segurança de uma moradia nas proximidades será agora examinada na esperança de que tenham ficado registradas as imagens dos dois assaltantes abandonando o carro.

Investigação


As investigações sobre o latrocínio estão com a 15 DP, sob comando do delegado Ajaribe Rocha Pinto. Ele considerou prematuro afirmar que a vítima foi baleada ao supostamente tentar pegar uma mochila dentro do carro no momento da fuga dos bandidos. A aluna, que ficou em estado de choque, foi ouvida preliminarmente durante a madrugada de ontem, mas deverá prestar um novo depoimento para fornecer mais detalhes.


Bookmark and Share