Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 02/04/2014
  • 12:11
  • Atualização: 12:50

Aprovado reajuste de 5,66% na tarifa de ônibus de Porto Alegre

Valor da passagem subirá para R$ 2,95 se prefeito Fortunati sancionar proposta

  • Comentários
  • Gabriel Jacobsen / Rádio Guaíba

Por 14 votos a três, o reajuste de 5,66% na tarifa de ônibus de Porto Alegre foi aprovado pelo Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu) na manhã desta quarta-feira. O novo valor da passagem, R$ 2,95, depende da sanção do prefeito José Fortunati.

Os três votos contrários ao reajuste foram da União Metropolitana dos Estudantes Secundários de Porto Alegre
(UMESPA), da União das Associações de Moradores de Porto Alegre (UAMPA), e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). 

O Comtu não tem poder para alterar o reajuste de R$ 0,15, apenas questionar a composição do valor dos itens no cálculo da planilha tarifária. O aumento da passagem é estipulado pelo prefeito José Fortunati. "A gente vota a planilha, mas quem determina se vai ter reajuste ou não e partir de quando é o prefeito. Todas as alterações influenciam no resultado final', disse o presidente do Comtu, Jaires Maciel.

Bloco de Luta promete protesto

O Bloco de Luta pelo Transporte Público prepara um ato para as 18h desta quarta-feira em frente à sede da Prefeitura de Porto Alegre. De acordo com a comissão de comunicação do movimento, pelo menos 3 mil pessoas confirmaram participação. “Será o maior ato do ano”, informou.

Além de protestar pelo indicativo de aumento da tarifa dos ônibus da Capital, o Bloco criticará o corte de oito árvores para a duplicação da avenida Beira-Rio, executado na madrugada da última segunda-feira. “Temos uma boa relação construída com ambientalistas. O apelo pela questão do corte das árvores deve mobilizar mais pessoas”, explicou a comissão do Bloco de Luta.

Os protestos, que tomaram as ruas do Brasil no ano passado, tiveram seu estopim em Porto Alegre, quando do aumento da passagem do transporte coletivo para R$ 3,05. O resultado foi o congelamento da tarifa em 2013 — que ficou a mesma de 2012, de R$ 2,85 — e ainda a posterior desoneração de impostos federais que baixou o valor para R$ 2,80. Na semana passada, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) remeteu ao Conselho Municipal de Trânsito Urbano (Comtu) a planilha de cálculo tarifária desse ano sinalizando o valor de R$ 2,95.

Bookmark and Share  


TAGS » Geral, Ônibus, Reajuste