Correio do Povo

Porto Alegre, 27 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
18º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

03/04/2014 18:54 - Atualizado em 03/04/2014 19:27

Prefeitura calcula em R$ 16 mil prejuízo causado por vandalismo

Movimento contra possível reajuste da tarifa de ônibus depredou estruturas municipais no Centro

Prefeitura calcula em R$ 16 mil prejuízo causado por vandalismo<br /><b>Crédito: </b> Mauro Schaefer / CP Memória
Prefeitura calcula em R$ 16 mil prejuízo causado por vandalismo
Crédito: Mauro Schaefer / CP Memória
Prefeitura calcula em R$ 16 mil prejuízo causado por vandalismo
Crédito: Mauro Schaefer / CP Memória

O vandalismo praticado por alguns manifestantes, durante protesto contra possível aumento da passagem nessa quarta-feira, no Centro de Porto Alegre, gerou um prejuízo de pelo menos R$ 16 mil aos cofres municipais, segundo a Prefeitura. Os levantamentos foram realizados pela administração do Paço Municipal, Smov, EPTC e Conselho do Patrimônio Histórico.

No Paço Municipal, foram 21 janelas quebradas, além de danos em estruturas de concreto, peças inteiras de mármore e pichação nas paredes laterais e frontais. As depredações foram relatadas em Boletim de Ocorrência Policial, registrado na 2ª Delegacia de Polícia. Ao longo da avenida Júlio de Castilhos, e em diversas ruas da região central, foram atingidas pelo menos 12 placas de sinalização, conforme levantamento da EPTC, cuja substituição irá gerar uma despesa de R$ 1.352,04.

O prefeito José Fortunati lamentou a atitude extrema de uma minoria que integrou os protestos desta quarta-feira. "Lamento que mais uma vez a prefeitura e pessoas que nada tem a ver com as reivindicações tenham sido vítimas da violência. Desta vez, tivemos inclusive dois guardas machucados, o que é ainda mais grave”, afirmou.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.