Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 08/04/2014
  • 09:34
  • Atualização: 10:34

Assentados do MST ocupam prédio da Conab em Porto Alegre

Agricultores reivindicam retomada de programa e cumprimento de acordo com ministros

  • Comentários
  • Correio do Povo

Cerca de 60 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocupam, nesta terça-feira, o prédio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em Porto Alegre. Os assentados exigem a retomada dos programas da Conab, parados desde o segundo semestre de 2013 e o cumprimento do acordo firmado, no início de 2014, com a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello, o ministro interino do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Laudemir Müller e o diretor da Conab, João Marcelo Intini, que prevê o destravamento dos programas do órgão.

Uma comissão do governo fez visita ao assentamento Capela em Nova Santa Rita, no início do ano, e teria se comprometido a trabalhar para a liberação imediata dos contratos travados e a abertura de novos contratos com os assentados, mas até o momento não houve avanço, segundo nota divulgada no site do MST. 

O programa de aquisição de alimentos não estaria sendo pago, segundo um dos representantes do MST, Emerson Giacomelli. O grupo pede “que se agilize e se pague todos os projetos da Conab aqui no Rio Grande do Sul” e não descarta a permanência e acampamento na zona Norte da Capital.

O ato tem a participação de agricultores e agricultoras assentados da região de Porto Alegre e comissões de assentados de outras regiões do Estado.

*Com informações da repórter Vitória Famer

Bookmark and Share