Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 09/04/2014
  • 12:22
  • Atualização: 15:13

Guarda municipal é morto em assalto no Litoral Norte

Homem de 51 anos foi atingido por quatro tiros na própria casa

Trio de assaltantes queimou carro da vítima em Tramandaí  | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

Trio de assaltantes queimou carro da vítima em Tramandaí | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Um assalto terminou na execução de um homem de 51 anos na noite de terça-feira na praia de Cidreira, no Litoral Norte. O guarda municipal de Estância Velha, Arlindo Berft, foi morto com quatro tiros à queima-roupa na cabeça após ter sido rendido por três criminosos armados junto com a esposa e dois familiares, dentro da casa de dois pisos na rua Valdir de Azevedo, em Salinas.

Ao revistarem a moradia, o trio de assaltantes encontrou a farda e o revólver calibre 38 usados pela vítima em seu trabalho na Guarda Municipal de Estância Velha, onde estava há 22 anos. A descoberta acabou sendo a sentença de morte da vítima, que foi então executada. Os tiros atingiram ainda o braço da esposa do guarda municipal e, de raspão, a cabeça de um cunhado dele.

Na fuga, os bandidos levaram o Renault Clio do casal. O veículo foi abandonado e incendiado mais tarde nas proximidades do Terminal Turístico de Tramandaí. O carro foi encontrado pelos policiais militares do 8º BPM, que já haviam sido mobilizados por causa do roubo.

Bookmark and Share