Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 10/04/2014
  • 09:35
  • Atualização: 09:47

Vazamento em estação da Trensurb prejudica trânsito

Dois caminhões-bomba e ônibus provocaram congestionamento em Porto Alegre

Vazamento em estação causa transtornos no trânsito de Porto Alegre | Foto: André Ávila

Vazamento em estação causa transtornos no trânsito de Porto Alegre | Foto: André Ávila

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O vazamento de água que atingiu a Estação Mercado da Trensurb na manhã desta quinta-feira já causa transtornos no trânsito de Porto Alegre. Para resolver o problema, dois caminhões-bomba foram colocados na avenida Júlio de Castilhos para esgotar a rede pluvial do Mercado Público. Os dois veículos ocuparam uma das faixas do local, além dos ônibus que passaram a trafegar na avenida para transportar os passageiros da Estação Rodoviária. 

De acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), a instalação de forma improvisada de uma parada colaborou para que o trânsito ficasse congestionado na avenida Júlio de Castilhos. O fluxo de veículos aumentou até a Rua da Conceição. Conforme a reportagem da Rádio Guaíba, do Mercado Público até a avenida, o trajeto dura em torno de 20 minutos.

Seis coletivos da Carris (2), Conorte (2) e Unibus (2) transportam os passageiros dos trens até a Estação Rodoviária da Capital. Em função do alagamento, os trens operam da estação Rodoviária a Novo Hamburgo.

Com o vazamento, a estação Mercado foi interditada por estar alagada. No começo da manhã, uma bomba cloacal foi instalada para amenizar o problema, mas o Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) e a Trensurb ainda trabalham para encontrar a fonte do problema, que estaria na rede do Mercado Público.

Bookmark and Share