Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 15/04/2014
  • 00:03
  • Atualização: 10:05

Polícia prende madrasta e pai de menino encontrado morto

Investigação apura circunstâncias da morte de criança de 11 anos em Três Passos

  • Comentários
  • Agostinho Piovesan/Correio do Povo

A Polícia Civil de Três Passos prendeu pai e madrasta do menino Bernardo Uglione Boldrini, no fim da noite desta segunda-feira. O corpo do garoto de 11 anos foi encontrado pelos bombeiros em matagal no interior de Frederico Westphalen.

Conforme a polícia, a detenção é cautelar para realização das investigações. A criança estava desaparecida desde 4 de abril. Os bombeiros de Frederico Westphalen, acompanhados por Brigada Militar e Polícia Civil, retiraram o corpo que foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Frederico Westphalen para a necropsia. O cadáver estava dentro de um saco, nu, enterrado numa propriedade rural.

Bernardo saiu de sua residência para dormir na casa de um amigo, mas nunca chegou à casa do vizinho. O pai descobriu o desaparecimento apenas no domingo, quando foi buscar o garoto. A titular da Delegacia de Polícia de Três Passos, delegada Caroline Bamberg Machado, ressaltou que as investigações prosseguirão e que, na manhã desta terça-feira, em coletiva de imprensa, deve fornecer mais detalhes sobre o caso.

No domingo, foi realizada uma caminhada pela volta do menino, que iniciou na concha acústica da Praça Reneu Geraldo Mertz, seguindo pela avenida Júlio de Castilhos, até a Praça da Bandeira.

Bookmark and Share