Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 23/04/2014
  • 14:52
  • Atualização: 14:53

Justiça rejeita liminar que tentava suspender aumento da passagem

Recurso da bancada do PSol pediu que tarifa voltasse a ser de R$ 2,80

  • Comentários
  • Lucas Rivas / Rádio Guaíba

O Tribunal de Justiça do Estado (TJ) não aceitou liminar protocolada pela banca do PSol para suspender aumento da passagem de ônibus em Porto Alegre. Com a decisão da desembargadora Laura Louzada Jaccottet, da 2ª Câmara Cível do TJ, o valor da tarifa continua em R$ 2,95.

A magistrada entendeu que não houve apresentação de uma nova planilha que pudesse embasar a redução da passagem. A bancada do PSol tinha protocolado liminar no dia 16 de abril para que o valor ficasse congelado em R$ 2,80.

Em primeiro grau, a Justiça negou pedido de suspensão do reajuste alegando que foi legal o ato da administração pública que resultou no aumento. O recurso do PSol é similar ao que foi protocolado em março 2013 e que provocou a redução de R$ 0,20 no valor da passagem. Desde 7 de abril, a tarifa dos lotações também subiu, de R$ 4,20 para R$ 4,40.

Bookmark and Share