Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 01/05/2014
  • 23:39
  • Atualização: 00:51

Jornalista morre após ser baleado durante assalto em Canoas

Fabiano Cardoso era assessor de imprensa da Prefeitura de Porto Alegre e tinha dois filhos

Fabiano chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu | Foto: Reprodução Facebook

Fabiano chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu | Foto: Reprodução Facebook

  • Comentários
  • Correio do Povo

O jornalista Fabiano Cardoso, de 44 anos, morreu na noite desta quinta-feira em Canoas, na Região Metropolitana, depois de ser baleado dentro do carro durante um assalto. Ele teria sido abordado por dois homens que estavam a pé. Os moradores encontraram a vítima no interior do seu veículo na rua Santos Ferreira, próximo ao Hospital Nossa Senhora das Graças. 

Cardoso foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC) em estado grave, mas não resistiu. Ele era assessor de imprensa da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) de Porto Alegre e teve passagem pela Rádio Guaíba. O profissional deixou mulher e dois filhos.


Bookmark and Share