Porto Alegre, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

  • 07/05/2014
  • 08:38
  • Atualização: 09:13

Grupo sequestrou mais 11 meninas na Nigéria, aponta balanço

Adolescentes entre 12 e 15 anos moravam nas localidades de Warabe e Wala

Cartaz pede a volta das meninas sequestradas | Foto: Robert MacPherson / AFP / CP

Cartaz pede a volta das meninas sequestradas | Foto: Robert MacPherson / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O número de menores de idade sequestradas no último crime atribuído aos islamistas do Boko Haram na região nordeste da Nigéria chega a 11, segundo um balanço atualizado divulgado nesta quarta-feira pelo governo local. 

Segundo os vizinhos, os grupo invadiram no domingo à noite a localidade de Warabe, no estado de de Borno (nordeste), e sequestraram oito meninas. Em seguida eles atacaram o vilarejo de Wala, a cinco quilômetros de distância, e sequestraram mais três meninas, afirmou Hamba Tada, funcionário do governo local. "No total, os homens armados do Boko Haram sequestraram 11 meninas com idades entre 12 e 15 anos, nas localidades de Warabe e Wala", confirmou Tada.

Os sequestros acorreram após o rapto, em 14 de abril, de 276 estudantes de um colégio de Chibok, também no estado de Borno, reivindicado pelo líder do Boko Haram, Abubakar Shekau. Segundo as autoridades, 223 delas continuam sequestradas. Shenkau ameaçou vender como "escravas" as estudantes, o que provocou uma onda de indignação mundial. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou na terça-feira o envio de uma equipe de especialistas, formada por militares e policiais, para ajudar as autoridades nigerianas a localizar as jovens.

Bookmark and Share