Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 19/05/2014
  • 14:16
  • Atualização: 14:18

Ministro do STF manda soltar presos da Operação Lava Jato

Justiça Federal do Paraná deve enviar ao Supremo todos os inquéritos e processos relativos à operação

  • Comentários
  • AE

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki determinou nesta segunda a liberdade imediata de todos os presos da Operação Lava Jato da Polícia Federal. O magistrado também pediu, em decisão liminar, que a Justiça Federal do Paraná envie ao Supremo todos os inquéritos e processos relativos à operação. Entre os beneficiados com a decisão de Zavascki estão o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa, que agora terão seus passaportes retidos e também não podem se ausentar das cidades onde moram.

Zavascki deferiu a liminar nos termos dos arts. 14, II, da Lei 8.038/1990 e 158 do RISTF e determinou: "(a) a suspensão de todos os inquéritos e ações penais relacionados pela autoridade reclamada, assim como os mandados de prisão neles expedidos, contra o reclamante inclusive, disso resultando sua imediata colocação em liberdade, se por outro motivo não estiverem presos; (b) a remessa imediata de todos os autos correspondentes a esta Suprema Corte".

A decisão do ministro determinou urgência para a autoridade reclamada, "a fim de que promova o cumprimento das providências deferidas".


Bookmark and Share


TAGS » Política