Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 21/05/2014
  • 18:32
  • Atualização: 18:37

Conselho anula concurso para professor de Direito da Ufrgs

Alunos pretendem manter acampamento até que outras pautas sejam atendidas

Alunos ocuparam prédio dia 06 de maio | Foto: Fabiano do Amaral

Alunos ocuparam prédio dia 06 de maio | Foto: Fabiano do Amaral

  • Comentários
  • Camila Kila/Rádio Guaíba

Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) aceitou os recursos que pediam a anulação do concurso para professor na disciplina de Criminologia e Direito Penal da Faculdade de Direito. A apreciação, prevista de início para 7 de maio, foi adiada em duas semanas em função do pedido de vista de um conselheiro.

A Ufrgs deve avaliar a realização de uma nova seleção. A anulação era uma das reivindicações dos estudantes de Direito que mantêm, há 16 dias, a ocupação do prédio da faculdade, alegando irregularidades no processo seletivo ocorrido em dezembro de 2013.

Mesmo com a decisão do CEPE, os alunos garantem que o acampamento vai ser mantido, já que, segundo eles, não houve retorno satisfatório da comissão formada para negociação sobre outras pautas. Um ato está marcado para ser realizado no início da noite em frente ao Centro Acadêmico André da Rocha (CAAR), da Faculdade de Direito, e, às 20h30min, deve ocorrer uma assembleia geral.

Sobre o concurso, segundo o CAAR, um dos integrantes da banca deu nota máxima a apenas um candidato e atribuiu conceito baixo aos demais. Os dois professores externos da banca se manifestaram pela não homologação do certame na ata de conclusão dos trabalhos e assinaram declaração afirmando terem se sentido constrangidos pela forma como foi conduzido o processo, citando que manifestações do presidente da banca comprometeram a imparcialidade da seleção.

Bookmark and Share