Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 23/05/2014
  • 16:52
  • Atualização: 17:30

Justiça divulga sentenças de 29 condenados por Operação Rodin

Foram estipuladas penas de até 38 anos por fraude no Detran-RS

Justiça divulga sentenças de 29 condenados por Operação Rodin | Foto: Juliano Mendes / Especial CP

Justiça divulga sentenças de 29 condenados por Operação Rodin | Foto: Juliano Mendes / Especial CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Justiça Federal em Santa Maria publicou, na tarde desta sexta-feira, a lista de condenados e respectivas penas do processo sobre a Operação Rodin. No total, 29 réus foram sentenciados a penas que variam entre dois e 38 anos de prisão, além de multa. Todos os condenados foram responsabilizados, solidariamente, e terão de devolver ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS) a quantia de R$ 90,6 milhões, montante mínimo do dano causado ao erário público, devidamente atualizado.

Entre os sentenciados a grandes penas está o ex-coordenador do PSDB na Assembleia, Lair Antônio Ferst. Ele pegou 25 anos e dois meses de detenção por associação criminosa, falsidade ideológica, peculato e corrupção ativa.

Dono da Carlos Rosa Advogados, Carlos Ubiratan dos Santos foi condenado a 32 anos e 10 meses por Associação criminosa, peculato, corrupção passiva e falsidade ideológica. Outro sentenciado por operar o esquema foi Flávio Roberto Luiz Vaz Netto, diretor presidente do Detran na época da operação. Ele recebeu 20 anos e dez meses por Corrupção ativa, peculato e corrupção ativa. Foram absolvidos Francisco José de Oliveira Fraga, Gilson Araújo de Araújo e Pedro Luiz Saraiva Azevedo.

Veja todos os sentenciados clicando aqui.



Bookmark and Share