Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 26/05/2014
  • 20:27
  • Atualização: 07:18

Mala deixada na Borges de Medeiros tinha comida e roupas

BM isolou o local para averiguar conteúdo de objeto localizado sob o viaduto

  • Comentários
  • Correio do Povo

Após cerca de duas horas de bloqueio, a Brigada Militar liberou a avenida Borges de Medeiros, sob o viaduto Otávio Rocha, na área central de Porto Alegre. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) abriu a mala suspeita e constatou que dentro existia apenas comida e algumas roupas, eliminando a ameaça de explosivo.

Antes, o trânsito havia sido fechado na avenida entre as ruas Riachuelo e Fernando Machado. A Duque de Caxias ficou isolada da rua Espírito Santo à Marechal Floriano. Ônibus e carros foram desviados, provocando grande congestionamento no Centro e nas imediações.

A Brigada Militar foi acionada por volta das 18h30min, quando uma ligação anônima ameaçou com a bomba sob o viaduto. O Gate chegou antes das 19h30min para examinar a mala, constatando, com raios-x, que a ameaça era falsa. A partir das 20h30min, o trânsito começou a ser liberado.

Pelo menos quatro câmeras que fazem o monitoramento do local serão utilizadas na investigação sobre quem deixou o objeto no local. Na semana passada, duas malas foram abandonadas na Cidade Baixa e provocaram fechamento de vias. Ao averiguá-las, a polícia descobriu que só haviam papéis. As bagagens poderiam ter sido furtadas de turistas.

Bookmark and Share