Porto Alegre, terça-feira, 25 de Novembro de 2014

  • 01/06/2014
  • 23:19

Taxistas realizam carreata em protesto por assassinato de colega

Corpo do motorista de 40 anos foi encontrado na manhã deste domingo

Taxistas realizam carreata em protesto por assassinato de colega | Foto:  Jonathas Costa / O Alvoradense / CP

Taxistas realizam carreata em protesto por assassinato de colega | Foto: Jonathas Costa / O Alvoradense / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Um grupo de taxistas de Alvorada, na Região Metropolitana, realizou uma carreata na noite deste domingo em protesto pelo assassinato de um colega nesta manhã. O corpo do motorista de taxi Luis Antônio Oliver, de 40 anos, foi encontrado por volta das 7h na avenida Piratini.

Os cerca de 40 veículos se concentraram no começo da noite na praça João Goulart, no Centro de Alvorada e saíram pelas principais ruas da cidade. Além dos taxistas, participaram da carreata familiares Luis Antônio Oliver.

O crime

Segundo colegas da vítima, uma jovem foi até o ponto de táxi, localizado na parada 52 da avenida Presidente Getúlio Vargas, e solicitou uma corrida. Cerca de 15 minutos depois, um motorista avisou aos taxistas do ponto de taxi que havia um crime envolvendo um taxista no bairro Piratini. Ao chegar na cena do crime, o grupo confirmou que se tratava de Oliver.

“Não da para acreditar, foram menos de 20 minutos entre ele sair daqui e descobrirmos a morte”, disse Gilberto, colega da vítima.

Luis Antônio Oliver foi encontrado dentro do veículo, que estava sob a calçada, com as portas abertas. O corpo do motorista tinha marcas de facadas na região do tórax e braços. De acordo com a polícia, o celular da vítima foi levado pelo autor do crime.

Apesar de o táxi ter saído do ponto apenas com Luis e a jovem, a suspeita da polícia é de que uma terceira pessoa teria embarcado no veículo. A faca utilizada no crime foi localizada em uma rua próxima ao local do crime.

* Com informações do repórter Jonathas Costa do O Alvoradense

Bookmark and Share


TAGS » Polícia