Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
19ºC
Amanhã
14º 21º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

27/06/2014 13:33 - Atualizado em 27/06/2014 13:48

Alunos passam a noite em ônibus após cheia de rio no Alto Uruguai

Coletivo não conseguiu passar pela ERS 211, na cidade de Paulo Bento

Um grupo de 30 alunos que retornava de aulas da Universidade Regional Integrada (URI), da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e de escolas de Erechim foi obrigado a passar a noite em um ônibus após a cheia do rio Erechim, na cidade Paulo Bento, no Alto Uruguai. O coletivo trafegava pela ERS 211 na noite dessa quinta-feira quando não conseguiu passar por causa da enchente, ocasionada pelas fortes chuvas.

Segundo o prefeito do município, Gelsi Luiz Lodea, um segundo ônibus foi providenciado para buscar os alunos por outro acesso à estrada. Na manhã desta sexta, a passagem de veículos pela ERS 211 continuava fechada. "Estamos isolados de Erechim”, disse Lodea.

Todas as aulas em Paulo Bento foram suspensas. As lavouras que já tinham sido plantadas com trigo, aveia e cevada foram arrasadas pelas águas. Nas áreas baixas tudo ficou sob a água e onde foi plantado em áreas mais altas a chuva levou.

Lodea irá se reunir com a comissão municipal de Defesa Civil para avaliar os prejuízos. Ele não descarta decretar situação de emergência após o levantamento dos danos. No início da semana, houve relato de agricultores que perderam animais, levados pelo rio Jacutinga. “O que estava às margens do rio se foi” resumiu o prefeito.

Cheia em Aratiba atinge pontes


O prefeito de Aratiba, Luiz Ângelo Poletto, disse que há 20 ou 30 anos os rios Agulha e Lobo, que passam pela cidade, não saíam dos seus leitos, algo que ocorreu nessa quinta-feira. Segundo Poletto, nos últimos três dias choveu 398 milímetros em Aratiba que fica a 18 quilômetros da Usina Hidrelétrica Itá.

Conforme o prefeito nesta sexta-feira os rios baixaram e retornaram ao leito, mas o problema está nas pontes e pontilhões do interior. Equipes da prefeitura estão fazendo levantamentos para saber das condições dessas passagens. “Temos trânsito de muitos caminhões com cargas pesadas, com suínos, aves e leite, e temos que ver como ficaram as pontes do interior”, disse Poletto. Todos os pontilhões foram encobertos pela água na quinta. As aulas no município também foram canceladas nesta sexta.


Bookmark and Share


Fonte: José Ody / Correio do Povo





» Tags:Chuva Enchente Geral

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.