Porto Alegre, domingo, 21 de Dezembro de 2014

  • 03/07/2014
  • 09:53
  • Atualização: 09:55

Alunos protestam por mais segurança em Capão da Canoa

Moradores reclamam de assaltados no entorno da Escola Estadual de Capão Novo

  • Comentários
  • Vitória Famer / Rádio Guaíba

Os alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Capão Novo, no bairro de Capão da Canoa, no litoral Norte gaúcho, estão reclamando de falta de segurança no entorno da instituição. Segundo a direção do colégio, na semana passada, por se negar a entregar o celular em um assalto perto da escola uma aluna foi esfaqueada.

A aluna Tandara Mendes, de 16 anos, foi atingida no rosto e no pescoço. Ela foi encaminhada ao hospital, onde recebeu onze pontos. Nessa quarta-feira, conforme os alunos, mais duas mulheres foram assaltadas nas proximidades do colégio. A estudante Letícia Leal afirmou que o objetivo é realizar um protesto exigindo mais segurança.

Segundo o diretor da escola, Roque Luís Tratsch, há 810 alunos na instituição, que residem nos bairros Curumim, Praia do Barco e Arroio Teixeira. O professor afirmou que, apesar da reclamação da comunidade nos últimos dias, a Brigada Militar ainda não ampliou o policiamento no entorno.

Bookmark and<br />Share