Porto Alegre, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

  • 03/07/2014
  • 14:26
  • Atualização: 14:55

Policiais brasileiros e argentinos revisam esquema de segurança

Mais de 100 mil torcedores da Argentina são esperados para jogo contra Bélgica

  • Comentários
  • Agência Brasil

Preocupados com a grande movimentação de argentinos que têm chegado a Brasília para assistir ao jogo da seleção de Lionel Messi contra a Bélgica, neste sábado, no estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, policiais federais brasileiros e argentinos revisaram nesta quinta-feira o esquema de segurança para a partida na capital do país.

A expectativa da Polícia Federal (PF) é que mais de 100 mil argentinos venham a Brasília em virtude do jogo. A maioria não tem ingresso para a partida. Os policiais do país vizinho repassaram a lista com os nomes de mais de 2 mil barrabravas, torcedores argentinos que participam de facções violentas de torcidas de futebol e que estão proibidos de entrar no Brasil.

Na reunião, ficou definido que haverá reforço na fiscalização nas estradas, feito por agentes da Polícia Rodoviária Federal, e no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek para impedir que esses torcedores com histórico de violência cheguem a Brasília.

O encontro serviu também para definir os melhores pontos de observação de torcedores dentro e nas proximidades do Mané Garrincha, bem como os portões do estádio por onde entrarão os argentinos.

Até o momento, 39 argentinos foram impedidos de entrar no Brasil e dois foram deportados quando tentavam entrar nos estádios. Desde o início da Copa do Mundo, sete policiais federais argentinos estão no Brasil acompanhando a movimentação da seleção e os torcedores daquele país.


Bookmark and Share