Porto Alegre, 02 de Setembro de 2014

Feira do Livro em Rio Grande

Postado por Juremir em 1 de fevereiro de 2013 - Literatura

Estive, ontem, na Feira do Livro da Praia do Cassino.

Que bela feira!

Espaçosa, bonita, cheia de gente depois das dez da noite.

A Praia do Cassino, que eu não visitava havia anos, está linda. Arborizada, pitoresca, com um ar bucólico charmoso, intensa, efervescente.

E que animação: carnaval, alegria e livros.

Lembrei-me da minha primeira ida ao Cassino.

Eu tinha oito anos de idade.

Fomos de Livramento. Era a primeira ida a uma praia de mar. A primeira expedição ultrapassando a lonjura de Rosário do Sul.

Estávamos no restaurante na beira do mar. Meu irmão custava a decidir o que iríamos comer, se é que iríamos. Eu estava verde fome, quase delirando.

Foi aí que vi, pela primeira vez, a minha imagem mais estupenda da vida: na minha frente, a dois metros, como uma miragem: uma morena de uns 18 anos, alta, sorridente, de biquini branco, espetacularmente sensual, divina.

Eu me apaixonei na hora.

A fome me dava vertigem.

Cheguei a pensar que tudo aquilo era uma visão.

E era.

A visão da beleza feminina no seu esplendor.

Nunca esquecerei da Praia do Cassino.

Ela vive no meu imaginário.

Aos oito anos, tive o meu segundo amor platônico.

O primeiro, anos seis anos, foi minha linda professora Eulália, em Palomas, a primeira mulher que eu vi de minissaia.

Obrigado, Carlos e Mauro, por me levaram à Feira do Livro Cassino, acionando minhas lembranças mais deliciosamente infantis.


5 Responses

  1. octavio disse:

    E pensar que inúmeras crianças não tiveram estes momentos que colaboram muito na formação do caráter da personalidade de uma pessoa. Quem não se apaixonou pela professora de mini saia….enfim lembranças da infancia. ótimo quem teve… e melhor ainda quem consegue expressar em palavras o que sentiu. parabéns Juremir..

  2. Filipe disse:

    Legal, 5 dias depois da maior tragédia do RS, e ja tem carnaval por ai.

  3. Nat.Oliveira disse:

    Juremir, a praia do Cassino é a minha preferida. O meu coração explode de alegria ao pisar naquele recanto. Mas que encanto! Encontrei na Feira, ‘História regional da infâmia’. Neste ano, não irei lá. Já estou com saudades!

  4. Marta, a fã carioca disse:

    que delícia o sorrisão produzido daí até aqui. Aiai…Perto de uma mulher… São só garotos

  5. marta disse:

    Cassino vive no imaginário de todos nós: é a maior praia em extensão do mundo e uma das mais bonitas tb.