Porto Alegre, 01 de MarÁo de 2015

Tênis Pop

Postado por Mais Preza em 26 de fevereiro de 2015 - Destaque, Moda

Que o All Star é um tênis pop a gente já sabe, mas que tal um upgrade nesse ~popismo todo através uma coleção inteirinha com estampas de Andy Warhol? Pois então, os pares descolados com as obras do pai da Pop Art foram lançados em fevereiro e prometeeeem. Dá só uma olhada:

Imagens com as famosas latas de sopa Campbell’s foram as mais utilizadas na cole√ß√£o, que √© uma parceria da Converse com a Andy Warhol Foundation, entidade que trabalha para o avan√ßo das artes visuais e procura preservar o vasto acervo do artista.¬†Parte dos lucros das vendas dos t√™nis, que por enquanto s√£o importados e ainda n√£o t√™m data para fabrica√ß√£o no Brasil, ser√£o revertidas para a organiza√ß√£o.

Com uma carreira que come√ßou com ilustra√ß√Ķes para a Vogue e Harper’s Bazaar, Warhol fez sua primeira exposi√ß√£o individual em 1952 e ganhou fama ao utilizar conceitos da publicidade em suas obras, criando uma nova linguagem que serve de inspira√ß√£o at√© hoje.

Alguns modelos da coleção, que variam de R$ 259,90 a R$ 329,90, podem ser encontrados aqui. Outra opção é comprar em dólar, no site oficial da Converse, onde você pode encontrar também uma camiseta ;)

 




Por dentro do “universo tarantinesco”

Postado por Mais Preza em 19 de fevereiro de 2015 - Cinema, Curso, Destaque

Que o Tarantino √© um daqueles cineastas que voc√™ ou ama ou odeia todo mundo sabe. Mas que tal entrar de cabe√ßa na obra do cara pra entender todo esse furor dentro da sua trajet√≥ria mete√≥rica? √Č exatamente isso que prop√Ķe o curso in√©dito O Cinema Hiperlink de Quentin Tarantino, que vai rolar m√™s que vem em Porto Alegre e promete desvendar a f√≥rmula ‚Äútarantinesca‚ÄĚ de fazer filmes.

O curso vai partir dos prim√≥rdios da filmografia de Tarantino, mais precisamente da sua malsucedida tentativa de fazer cinema pela primeira vez, com o in√©dito e nunca finalizado ‚ÄúMy Best Friend‚Äôs Birthday‚ÄĚ, de 1987, at√© seu trabalho mais recente, o oscarizado ‚ÄúDjango Livre‚ÄĚ, de 2012. A ideia √© abordar cada obra detalhadamente, com exibi√ß√£o de cenas das obras e de suas inspira√ß√Ķes, como uma forma de criar links entre os trabalhos do cineasta. Isso sem esquecer das participa√ß√Ķes do cara como ator em filmes de outros diretores, uma faceta menos conhecida e celebrada do √≠dolo pop.

Quem comanda a fun√ß√£o √© o jornalista e cineasta independente Felipe M. Guerra, e o √ļnico pr√©-requisito pra quem quiser participar √© a paix√£o pelo cinema. ;)
As aulas v√£o rolar nos dias 14 e 15 de mar√ßo, das 14h √†s 16h30 no Santander Cultural (Sete de Setembro, 1028), na Capital. As inscri√ß√Ķes podem ser feitas pelo fone (51) 9320-2714 ou pelo email cineum@cineum.com.br, e o investimento √© R$ 70. Todas as infos do curso est√£o aqui.




Talento suiço no show da Zaz

Postado por Mais Preza em 19 de fevereiro de 2015 - Destaque, M√ļsica, Show

Ele √© sui√ßo, tem 23 anos e j√° √© uma figura conhecida pela Europa. Agora ele vem pela primeira vez pra Am√©rica Latina e, de quebra, vai dar uma passadinha em Porto Alegre, pra abrir o show da Zaz que rola dia 19 de mar√ßo no Ara√ļjo Vianna. Estamos falando do Bastian Baker, o cara que causou rebuli√ßo nas redes sociais ap√≥s sua apresenta√ß√£o durante a premia√ß√£o da Fifa, em janeiro.

O guri, que comp√Ķe desde os 15 anos, faz um som cheio de ¬†influ√™ncias de Jack Johnson, Roxette, R.E.M. e Lenny Kravitz, artistas favoritos dos seus pais. Lan√ßou seu primeiro single em 2011, e apesar do pouco tempo de estrada, j√° tem no curr√≠culo uma performance no aclamado Mountreux Jazz Festival, al√©m de abrir os shows de nomes como Elton John, Bryan Adams, Johnny Hallyday e Mark Lanegan. Com dois discos lan√ßados, os destaques ficam por conta de can√ß√Ķes como “Lucky”, “I’d Sing For You”, “79 Clinton Street” e “Leaving Tomorrow”, que tu pode conferir no v√≠deo abaixo. ;)

Curtiu? Ent√£o te agiliza, porque os ingressos pra Zaz j√° est√£o no terceiro lote, e restam apenas entradas na plateia baixa lateral (R$ 140) e na plateia alta central (R$ 140).

Pontos de venda:
Bilheteria do Teatro do Bourbon Country (T√ļlio de Rose, n¬ļ 80 / 2¬ļ andar)
Bilheteria Ara√ļjo Vianna (Osvaldo Aranha, 685, somente na data da apresenta√ß√£o, a partir das 14h).
Call Center 4003-1212
Online




Sendo linda nos bloquinhos de carnaval

Postado por Mais Preza em 6 de fevereiro de 2015 - Destaque, Moda, Sem Categoria

O carnaval come√ßa, de fato, semana que vem. Mas j√° faz uns 15 dias que a gente t√° curtindo a folia nas ruas de Porto Alegre. Pra voc√™ que √© adepta dos bloquinhos de rua e j√° esgotou as op√ß√Ķes de monta√ß√£o, pedimos umas dicas quent√≠ssimas de quem entende do assunto pra te deixar preparada pro final de semana.

As alternativas vão dos pés à cabeça e são de autoria da stylist Roberta Weber. Ah, as dicas ficaram tão legais que dá pra estender até depois do carnaval, viu? Simbora!

Olha aí a inspiração de make da cantora Zaz (que toca aqui em Porto Alegre dia 19 de março)

Cabelos ‚Äď T√° calor! Cabelo solto pra qu√™? A Roberta indica duas sa√≠das pra voc√™ que quer fugir do coque bagun√ßadinho e suado. Tran√ßas, sempre em alta (clica aqui, tem v√°rias ideias legais), um rabo de cavalo bem alto (e a√≠ pra dar um up ela sugere um brinc√£o statement – os conhecidos maxi brincos, bem grande e marcante). Outra ideia bacana e que tem a cara do ver√£o s√£o os turbantes: ‚Äúpegue um len√ßo colorido (quanto mais alegre melhor) e amarre de forma charmosa no cabelo. Protege o rosto do suor e d√° um efeito incr√≠vel‚ÄĚ.

Make ‚Äď ‚ÄúO jeito √© desapegar, pele mais limpa poss√≠vel com uma cor vibrante na boca √© a melhor op√ß√£o. V√° de pink, coral, roxo, √© a hora ideal para testar aquela cor ousada quem em outros dias questionamos‚ÄĚ, antecipa Roberta. Ela tamb√©m lembra dos c√≠lios posti√ßos e do brilhooo, √© claro! Pra quem √© mais discreta, pode aproveitar o delineado gatinho colorido. Fica diferente e n√£o t√£√£o ousado.

Acess√≥rios - As flash tattoos s√£o a febre desse nosso ver√£o (inclusive j√° falamos delas aqui) e criam desenhos lindos na pele. S√≥ o brilho j√° garante aquele efeito incr√≠vel. Um truque legal √© mistur√°-las com pulseiras e colares, junto com um look mais neutro. √Č um bom momento para sobreposi√ß√£o, v√°rias pulseiras de tamanhos e cores diferentes, pedras como turquesa e coral, brincos grandes, maxi colar com brilho.

Look - Começando pelos pés, tênis e rasteiras são as melhores apostas. O modelo slip-on/skatista é sem erro. As sandálias rasteiras com pedrarias e brilhos combinam super com a data, também dá para apelar para as espadrilles/alpargatas com estampas étnicas, confortáveis e com estilo. Quem não consegue se separar dos centímetros extras pode sempre apelar para o salto anabela com uma sandália que prenda no pé e empreste a estabilidade necessária.

A Roberta, que nos deu todas as dicas :)

J√° para as roupas, a Roberta sugere vestidos mais frescos (nada muito ajustado), estampados com influ√™ncia tropical e floral, rendados com decote ombro a ombro, e jogando um look ‚Äúgirly‚ÄĚ com t√™nis mais masculino criando um contraponto interessante. Os bodys colorid√≠ssimos, populares desde o ano passado, tamb√©m funcionam. Combine com short jeans de cintura alta. Para deixar o look ainda mais divertido vale pegar um len√ßo bem alegre e colocar na cintura para substituir o cinto. Quanto mais confort√°vel, mais apropriado.

T-shirts divertidas para jogar com shorts coloridos, alguma peça com brilho. Outro combo sem erro é o de short com top cropped e os adorados quimonos, aproveite as estampas variadas e as franjas para caprichar na performance.

Uma bolsa pequena com alça longa para usar cruzada é a melhor alternativa!

Fechou? Agora é só curtir porque os bloquinhos não vão parar tão cedo! :D

 

~~> Customização também tem a cara do carnaval e é baratinho. Já falamos sobre isso aqui.




Novidade: vinil + bar + café em Porto Alegre

Postado por Mais Preza em 5 de fevereiro de 2015 - Destaque, M√ļsica

Os vinil lovers aqui de Porto Alegre (e região) só têm motivos pra comemorar! Além da Capital sediar o primeiro clube de vinil da América Latina (explicamos direitinho aqui), a novidade agora é um espaço que está prestes a inaugurar todo dedicado ao bolachão.

Estamos falando da Groovaholic (Miguel Tostes, 263), que vai abrir as portas oficialmente no dia 14 de março, mas depois do carnaval já estará funcionando em fase experimental pra galera que quiser tirar uma febre. ;)

O projeto surgiu ap√≥s o sucesso das 15 edi√ß√Ķes da Feira do Vinil, evento itinerante que rolou entre 2013/2014 e era parada certeira pra quem buscava aquele disc√£o raro pra sua discoteca. Dali em diante foi um passo pra montar uma loja fixa que, fugindo do tradicional, vai apostar em um clima mais aconchegante, agregando outros servi√ßos al√©m da loja de discos. Montado em uma casa, al√©m dos vinis e camisetas, por l√° tamb√©m vai funcionar uma esp√©cie de caf√© + bar, com direito a chopp e cerveja artesanal. A ideia √© ainda aproveitar o espa√ßo pra promover feiras, eventos gastron√īmicos e exposi√ß√Ķes.

Bacana, né? Se quiser ficar por dentro de tudo que tá rolando até a inauguração, curte a página aqui! ;)




Férias com Fellini

Postado por Mais Preza em 4 de fevereiro de 2015 - Cinema, Destaque

Curte cinema e quer ficar por dentro da obra de um dos grandes mestres italianos? Ent√£o se liga no curso de f√©rias Frederico Fellini: O Maestro, que vai rolar em Porto Alegre este m√™s, e promete desvendar o trabalho do roteirista e diretor respons√°vel pelos cl√°ssicos “A Doce Vida” (1960), “Roma” (1972) e “A Entrevista” (1987).

Ser√£o dois dias dedicados inteiramente ao cineasta, desde a sua origem, forma√ß√£o e entrada no meio cinematogr√°fico at√© a sua consolida√ß√£o como artista genial e criador de obras-primas. Isso sem falar no enfoque da marca est√©tica batizada de “felliniana”, conquistada gra√ßas a sua filmografia que conta com 25 filmes.

Quem comanda as aulas é a jornalista e doutora em cinema Fatimarlei Lunardelli. Pra participar do curso, não é necessário nenhum pré-requisito específico a não ser o interesse total pelo tema. :)

As aulas acontecer√£o nos dias 25 e 26 de fevereiro, das 19h30 √†s 22h no Centro Cultural CEEE √Črico Ver√≠ssimo (Andradas, 1223), na Capital. As inscri√ß√Ķes podem ser feitas pelo fone (51) 9320-2714 ou pelo email cineum@cineum.com.br, e o investimento √© R$ 60. Mais infos do curso est√£o aqui. ;)




Bolach√£o para iniciantes

Postado por Mais Preza em 28 de janeiro de 2015 - Destaque, Sem Categoria

Por Rafa Martins

Desde que o vinil teve seu revival, no final da d√©cada passada, o que n√£o faltam s√£o novos adeptos e solu√ß√Ķes criativas pra quem quer comprar. Prova disso √© que o bolach√£o est√° em pleno √°pice de vendas e j√° conta at√© com servi√ßo de curadoria que escolhe a dedo os t√≠tulos para os f√£s mais fervorosos, como a gente conta aqui. Se voc√™ ainda est√° meio por fora e cheio de d√ļvidas, mas louco pra come√ßar a sua pr√≥pria cole√ß√£o, a gente te d√° a barbada com este post, cheio de dicas e curiosidades de um pessoal expert no assunto. ;)

Pre√ßos: Em feiras de vinil ou sebos voc√™ pode encontrar LPs de todos os valores, partindo de R$1. Mas nem tudo s√£o flores: geralmente os t√≠tulos s√£o aqueles mais populares ou est√£o em m√° conserva√ß√£o. Os pre√ßos de LPs antigos bem conservados, acabam valendo beeem mais (chegando at√© R$200!), dependendo da raridade do exemplar. J√° os discos prensados atualmente, custam em m√©dia R$100 e podem ser encontrados em grandes livrarias e em diversos sites de importados. Em Porto Alegre, al√©m das feiras que acontecem esporadicamente no Mercado P√ļblico e dos usados vendidos no brique da Reden√ß√£o, a novidade √© a loja rec√©m inaugurada da Feira do Vinil (Miguel Tostes, 263), que conta tamb√©m com bolach√Ķes novos.

Prensagens novas: Hoje em dia, muitos discos t√™m sido prensados em 180g, uma gramatura maior que a dos LPs comuns, que giram tem torno de 90 a 140g. O vinil mais pesado significa uma maior estabilidade do LP e consequentemente uma durabilidade mais longa. Fugindo um pouco do preto, muitas edi√ß√Ķes atuais apostam nas cores ou nos chamados pictures discs, que cont√™m a arte gr√°fica impressa no pr√≥prio bolach√£o. Outra caracter√≠stica das novas prensagens √© o n√ļmero menor de faixas em cada lado do LP, que muitas vezes faz com que um disco de 14 faixas seja duplo. A explica√ß√£o dos audi√≥filos √© que, com menos can√ß√Ķes em cada face e os sulcos mais afastados, o ganho na qualidade sonora √© garantido.

Limpeza do LP: Comprou aquele vinil rar√≠ssimo em um sebo mas ele est√° imundo? A dica √©: esponja macia, √°gua e sab√£o. A limpeza deve ser em movimentos circulares, seguindo os sulcos do disco. Pra secar, vale colocar os bolach√Ķes ao natural, enfileirados no escorredor de pratos mesmo. Procure manter o disco sempre dentro da capa ap√≥s cada audi√ß√£o, utilizando de prefer√™ncia um pl√°stico interno. J√° para as capas, pano seco sempre e a dica √© utilizar os chamados pl√°sticos externos para conservar.
Aparelhagem: Atualmente existem diversas op√ß√Ķes no mercado, e tudo vai depender do que voc√™ procura. Os aparelhos vintage que imitam as antigas vitrolas s√£o charmosos e acabam

servindo até para decorar um ambiente. Contudo, por terem as caixas de som acopladas, geralmente pecam na qualidade sonora. Se quiser algo mais profissional, procure comprar a pick-up separada. Neste caso é bom preparar o bolso, pois será necessário também um receiver para receber o sinal do toca-discos, e claro, boas caixas de som. Outra opção que pode sair bem mais em conta e trazer um ótimo resultado é restaurar aquele som antigo, que está lá esquecido na casa dos pais. ;)

 




Com os pés nos anos 70

Postado por Mais Preza em 27 de janeiro de 2015 - Destaque, Moda

Pra celebrar o verão, tem marca que foi buscar lááá nos anos 70 a inspiração pra deixar as ruas mais coloridas Рnum cenário bem característico da estação do calor. Estamos falando da Melissa, que lançou recentemente uma coleção cheiinha de referências da década mais psicodélica de todas!

Integrando a Eat My Melissa (linha que revela que em algum momento todas j√° quiseram comer uma de suas melissas gra√ßas aquele cheirinho maravilhoso de chiclete <3), os novos sapatos e sand√°lias t√™m design retr√ī e cores vivas, fazendo alus√£o √† era do power love e dos hippies. Al√©m disso, os modelos t√™m solados tratorados e saltos super altos, que bombavam nas discotecas da √©poca! Olha s√≥ alguns deles:

Se você já tá entrando no clima da disco, fica ligado que além de todos esses aí de cima, um dos destaques é a sandália desenvolvida em parceria com a estilista inglesa Vivienne Westwood. Cheia de estilo, ela tem um saltão mega poderoso e é perfeita pra compor aqueles looks mais elaborados:

Já pra galera mais clássica e/ou pros momentos mais cotidianos, a aposta da marca é a Melissa Strips, que tem as tiras mais grossas e lembra o clássico e amado modelo Aranha. O detalhe fica por conta do salto anabela mais grosso e superalto, mantendo toda a pegada paz, amor e alegria dos anos 70.

Tá louca por desses modelos? Então calma que a gente deixa a dica: todos eles estão disponíveis nas lojas oficiais do Clube Melissa, que aqui em Porto Alegre ficam nos shoppings Iguatemi, Praia de Belas e BarraShopping. Os valores ficam entre R$ 139,90 e 329,90. Bora buscar a tua?




O que rolou nos shows do MECA 2015

Por Rafa Martins

A edi√ß√£o deste ano do MECA Festival, que abriu os trabalhos no √ļltimo s√°bado em Maquin√© pra seguir pro Rio (18/01) e S√£o Paulo (24/01), foi marcada pelo clima de total celebra√ß√£o. Nem a chuva, que tomou conta durante boa parte do evento, foi capaz de desaminar a galera, que desde o in√≠cio da tarde come√ßava a chegar ao¬†Hotel Fazenda Portal. Por ali, o p√ļblico foi recebido¬†com as j√° esperadas a√ß√Ķes promocionais, food trucks, casa na √°rvore, open de ceva gelada a noite toda e, claro, os shows!

O pessoal da Boogarins trouxe o tom ~psicodélico ao festival

A noite foi chegando ao som de Erick Endres, Mahmundi e Wannabe Jalva, e aos poucos o pessoal foi se concentrando perto do palco pra acompanhar a maratona de apresenta√ß√Ķes. Escalados de √ļltima hora pra cobrir o show cancelado da Years & Years, os goianos da Boogarins, que estiveram por aqui em novembro no El Mapa de Todos, n√£o deixaram por menos e deram um tom de psicodelia ao festival.

Tom Burke, da Citizens!, tava super √≠ntimo dos ga√ļchos

J√° os brit√Ęnicos da¬†Citizens!, que passou pelo MECA pela segunda vez, trouxe repert√≥rio novo, que ser√° parte do tracklist ¬†do segundo disco. Com total intimidade, o vocalista Tom Burke n√£o escondeu a anima√ß√£o ao ver a receptividade das can√ß√Ķes, com direito a galera empolgad√≠ssima.

Aluna Francis era pura presença de palco

Quem tamb√©m parecia bem √≠ntima da gauchada, mesmo sendo sua primeira vez por aqui, era a Aluna Francis, vocalista da dupla inglesa de pop eletr√īnico¬†AlunaGeorge. Cheia de presen√ßa de palco e afinad√≠ssima, explorou o repert√≥rio de “Body Music”, √°lbum de estreia lan√ßado em 2013. Contudo, o ponto alto do show – pra n√£o dizer da noite toda -, foi a can√ß√£o “White Noise”, parceria com os tamb√©m ingleses do Disclosure, que tocou bastante por aqui.

La Roux encerrou a noite com um show que dividiu opini√Ķes

Perto da 1h da manh√£, em meio √† penumbra e fuma√ßa que tomava conta do palco, Elly Jackson, que agora comanda sozinha o projeto La Roux, deu as caras pra um show que dividiu opini√Ķes. Ovacionada pela plateia, que naquele ponto mais parecia estar numa balada, apresentou os hits “Kiss And Not Tell”, “I’m Not Your Toy”, “In For The Kill”. A pol√™mica, no entanto, se deu por dois motivos: a falta de intera√ß√£o com quem esperava ansiosamente pelo momento e a semelhan√ßa com o som produzido em seus dois trabalhos de est√ļdio em praticamente todas as can√ß√Ķes. A palavra playback foi, com certeza, uma das mais faladas pela galera no final daquela noite, que foi encerrada ao som de “Bulletproof”.




Acabou, e agora?

Postado por Mais Preza em 19 de janeiro de 2015 - Destaque, Universidade

Nesse período pós-listão e cheiinho de formaturas, é normal ver uma galera se fazer essa pergunta aí de cima.

Acabou, e agora???

Sim, n√£o √© l√° muito f√°cil lidar com todas as decis√Ķes que um diploma ou o fato de n√£o ver o nome entre os aprovados geram. Mas estamos aqui pra garantir que, n√£o, n√£o precisa entrar em p√Ęnico! A afirma√ß√£o √© do coach Tiago Febel, que criou um programa especialmente pra quem t√° passando por esse momento #tenso.

A ideia do “Power UP¬†- Potencializando Estudantes” √© ajudar a encontrar um rumo pro futuro e desenvolver habilidades pessoais e emocionais. Segundo o Tiago, essa dificuldade de passar no vestibular (mesmo com o conte√ļdo na ponta da l√≠ngua) ou entrar em crise na hora de decidir a carreira profissional, s√£o frutos das nossas emo√ß√Ķes. ‚ÄúPra alcan√ßar o sucesso, saber control√°-las √© t√£o importante quanto dominar o conhecimento t√©cnico que a escola e a faculdade ensinam‚ÄĚ, define.

Por isso, o foco do curso é justamente trabalhar a inteligência emocional, com diversos testes e exercícios pra galera ir se descobrindo, traçando planos e conhecendo suas próprias habilidades e fraquezas. Conforme o Tiago, depois disso, a gente passa a controlar a pressão e o stress desses momentos e fica beeem mais tranquilo escolher o tal caminho a seguir. UFA!

O Tiago :)

Boa, né? Pra ir se planejando, saca só: o programa começa em março e vai até outubro (antes do polêmico ENEM), dividido em quatro módulos que trabalham desde os objetivos pessoais até a questão da produtividade e da positividade de que todos precisamos. Além desses, há outros módulos opcionais, mais curtinhos e que podem ser feitos paralelamente ao curso, voltados pra pontos específicos, como as habilidades de comunicação e liderança, as escolhas profissionais e até uma preparação exclusiva pro mercado de trabalho. ;)

Pra poder conciliar com col√©gio, cursinho ou trabalho, os encontros realizados em Porto Alegre duram 2h, e t√™m turmas em distintos hor√°rios, inclusive √† noite e aos s√°bados. Quer saber mais? Toooodas as informa√ß√Ķes e as inscri√ß√Ķes (que j√° est√£o abertas) podem ser feitas pelo e-mail changer@terra.com.br. Aproveita as f√©rias e corre l√°!




Visitantes Online: