Correio do Povo | Notícias | Idosa que estava entre as mais velhas do Brasil morre em Porto Alegre

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de Dezembro de 2018

  • 19/01/2013
  • 11:16
  • Atualização: 11:34

Idosa que estava entre as mais velhas do Brasil morre em Porto Alegre

Gaúcha de 112 anos morava no Asilo Padre Cacique

Celanira Monteiro era uma das pessoas mais velhas do Brasil | Foto: Mauro Schaefer / CP Memória

Celanira Monteiro era uma das pessoas mais velhas do Brasil | Foto: Mauro Schaefer / CP Memória

  • Comentários
  • Camila Kila / Rádio Guaíba

Uma das pessoas mais velhas do Brasil, a gaúcha Celanira Monteiro morreu na madrugada deste sábado, aos 112 anos. Ela era moradora do Asilo Padre Cacique, no bairro Menino Deus, em Porto Alegre, há 26 anos.

O corpo da idosa está sendo velado na capela mortuária da instituição e o sepultamento deve ocorrer às 15h no Cemitério Parque Saint Hilaire, em Viamão, na região Metropolitana. Em nota, o Asilo Padre Cacique "estendeu os sentimentos aos familiares e amigos" da idosa.

Celanira Monteiro chegou ao asilo em 1986, sem nenhum documento, após adoecer e ter sido internada na Santa Casa de Misericórdia. Em novembro de 2011, ela recebeu sua certidão de nascimento. Ela se comunicava com dificuldades e completaria 113 anos no dia 16 de fevereiro. Celanira estava entre as 311 pessoas com mais de 100 anos residentes no Rio Grande do Sul. Na Capital, o número é de 150, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Bookmark and Share