Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
25ºC
Amanhã
16º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

25/12/2013 19:38 - Atualizado em 25/12/2013 19:58

Snowden defende privacidade em mensagem de Natal na TV britânica

Ex-analista da inteligência americana fez críticas às espionagens do governo dos EUA

<br /><b>Crédito: </b> Londres (AFP)

Crédito: Londres (AFP)

Crédito: Londres (AFP)

Em sua primeira aparição na TV desde que se refugiou em Moscou, em junho, o ex-analista da inteligência americana Edward Snowden fez uma defesa da privacidade durante uma "mensagem alternativa" de Natal transmitida nesta quarta-feira pela emissora britânica Channel 4. Desde 1993, o canal emite uma breve mensagem "alternativa" de Natal a cada ano, como resposta à  da rainha Elizabeth II, transmitida pela concorrente BBC.

Após desejar Feliz Natal aos telespectadores, Snowden falou da descoberta de um sistema de vigilância global e que "juntos podemos encontrar um equilíbrio maior, acabar com a vigilância maciça e lembrar ao governo que se realmente quer saber como nos sentimos, perguntar é mais barato do que espionar".

Snowden desatou a polêmica após revelar os programas de vigilância da NSA (sigla em inglês para a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos), particularmente com relação a países aliados dos Estados Unidos e seus líderes, como a presidente Dilma Rousseff e a chanceler alemã, Angela Merkel.

Na mensagem de Natal, ele afirmou que os métodos de vigilância aos cidadãos descritos pelo escritor britânico George Orwell no romance "1984" "não são nada comparado ao que existe hoje". No romance de Orwell, disse, a tecnologia consistia de microfones, câmeras de vídeo e televisores "que nos observam; agora temos sensores nos nossos bolsos que nos acompanham a qualquer lugar aonde vamos". "Pense no que isto significa para a privacidade das pessoas", denunciou Snowden.

Há seis meses, suas revelações sobre o programa de espionagem generalizado de conversas telefônicas e trocas de mensagens na internet realizada pelos Estados Unidos e alguns aliados provocaram uma grande indignação e crises diplomáticas em alguns países. Segundo os documentos vazados por Snowden, os alvos da espionagem variavam de cidadãos comuns a empresas e líderes de países amigos.

Os jovens não têm privacidade

Na mensagem "alternativa" de Natal, Snowden advertiu que "uma criança nascida hoje crescerá sem nenhum conceito de privacidade". "Nunca saberão o que significa ter um momento privado, um pensamento não gravado, não analisado. E isso é um problema porque a privacidade é importante, a privacidade é o que nos permite determinar quem somos e quem queremos ser", acrescentou.

Bookmark and Share


Fonte: AFP





» Tags:

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.