Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 07/01/2014
  • 20:49

Inspeção do Conduto Álvaro Chaves será no dia 21

Vistoria da estrutura ocorrerá em três etapas

Vistoria da estrutura ocorrerá em três etapas | Foto: Tarsila Pereira / CP Memória

Vistoria da estrutura ocorrerá em três etapas | Foto: Tarsila Pereira / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) a empresa Recuperação Serviços Especiais de Engenharia Ltda definiram nesta terça-feira que a inspeção do Conduto Forçado Álvaro Chaves ocorrerá a partir das 7h do dia 21 de janeiro. O ponto de partida será a rua Voluntários da Pátria, entre as ruas Moura Azevedo e Almirante Tamandaré, nas proximidades do Guaíba. O planejamento da inspeção do será feito em três etapas: inspeção de campo (entrada e vistoria), relatório preliminar de integridade da galeria bem como relatório definitivo e estudo hidrodinâmico que avaliará o dimensionamento do Conduto e se há algum dano estrutural relevante que possa apresentar algum risco à estrutura.

O diretor-geral do DEP, Tarso Boelter, enfatizou a oportunidade de avaliação da obra. “Com este trabalho poderemos ter certeza sobre a integridade da estrutura, se há problema no projeto ou execução ou ainda, se o problema ocorre apenas quando as chuvas são mais intensas do que a capacidade da rede”, destaca o diretor. Também participaram do encontro técnicos da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), que ficarão responsável pelo isolamento dos locais.

O representante do Centro Integrado de Operações de Porto Alegre (CEIC), Valmor Griebler, apontou que a entrada na galeria não poderia ser entre os dias 15 e 20 de janeiro pois a previsão meteorológica aponta probabilidade de chuvas na Capital. Os trabalhos só podem ser executados com previsão de tempo seco.

O engenheiro José Eduardo Aguiar, da empresa Recuperação, especializada em patologias de estruturas em concreto, destacou que sua empresa tem mais de 20 anos de experiência no ramo. “Com a inspeção poderemos dizer se algum ponto da rede do Conduto Forçado precisa de reforço e verificar se as seções das galerias executadas estão de acordo com as que constam do projeto. Tudo que interferir no sistema hidráulico será analisado”, completa Aguiar.

Bookmark and Share


TAGS » DEP