Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 26/01/2014
  • 23:26
  • Atualização: 23:27

Incêndio na Kiss poderá ter mais indiciados

Polícia prepara dois novos inquéritos sobre o caso

Polícia prepara dois novos inquéritos sobre o caso | Foto: Tarsila Pereira

Polícia prepara dois novos inquéritos sobre o caso | Foto: Tarsila Pereira

  • Comentários
  • Danton Júnior / Correio do Povo

Em um dos paineis mais aguardados do congresso Novos Caminhos, o subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Marcelo Dornelles, disse que, caso haja novos elementos, outras pessoas poderão ser responsabilizadas pelo incêndio que matou 242 pessoas. Familiares das vítimas criticam a posição do Ministério Público, que ofereceu oito denúncias criminais, oito militares e quatro por improbidade administrativa. A Polícia Civil prepara dois novos inquéritos sobre o caso.

"Se vier o que a polícia tem falado, de dois novos inquéritos, vamos analisar tudo de novo. E se encontrarmos algo contra quem quer que seja, vamos agir. Se não encontrarmos, é o que está hoje", observou. De acordo com ele, o MP não terá dificuldades, caso necessário, em voltar atrás, inclusive na posição do órgão sobre a responsabilização do prefeito Cezar Schirmer.

O delegado regional da Polícia Civil em Santa Maria, Marcelo Arigony, foi aplaudido de pé pelo público presente ao auditório da Unifra. Ele disse que, eventualmente, novas pessoas poderão ser responsabilizadas nos inquéritos em andamento. "Já está delineado que há algumas irregularidades, mas seria temerário da minha parte querer apontar quais são os apontamentos", observou.

Bookmark and Share