Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

  • 28/01/2014
  • 07:31
  • Atualização: 07:34

Primeiro-ministro da Ucrânia renuncia para acalmar protestos

Mykola Azarov tomou medida para tentar resolver a crise no país

Primeiro-ministro da Ucrânia renuncia para acalmar protestos | Foto: Sergei Supinski / AFP / CP

Primeiro-ministro da Ucrânia renuncia para acalmar protestos | Foto: Sergei Supinski / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O primeiro-ministro da Ucrânia, Mykola Azarov, apresentou nesta terça a renúncia ao cargo, em uma tentativa de resolver a crise no país depois de dois meses de protestos. "Tomei a decisão pessoal de solicitar ao presidente da Ucrânia que aceite minha demissão do cargo de primeiro-ministro, com o objetivo de propiciar mais possibilidades de um compromisso político para resolver o conflito pacificamente", afirmou em um comunicado.

"Hoje, o mais importante é preservar a unidade e a integridade da Ucrânia. Isto é muito mais importante que qualquer planou ou ambição pessoal. Por isto, tomei esta decisão", completou. Azarov anunciou a renúncia no momento de uma sessão especial do Parlamento em Kiev, que pretende debater uma solução para a crise iniciada há dois meses, quando o governo se negou a assinar um acordo de associação com a UE, para uma aproximação com a Rússia.

Entre as medidas que devem ser abordadas pelo Parlamento está o fim das medidas rígidas contra os protestos, que provocaram a revolta dos opositores. Os deputados suspenderam a sessão pouco depois do início para um debate sobre a agenda do dia.

Bookmark and Share