Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

  • 06/02/2014
  • 09:31
  • Atualização: 09:35

Rodoviários realizam reunião com patrões do consórcio Unibus, mas mantêm greve

Alguns trabalhadores queriam retornar ao trabalho nesta quinta-feira

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Trabalhadores e patrões do consórcio Unibus se reuniram no começo da manhã na garagem da empresa na tentativa de colocar veículos nas ruas nesta quinta-feira. Alguns rodoviários queriam voltar ao trabalho por conta dos prejuízos que estão tendo com a continuidade na greve. No entanto, não houve consenso e a paralisação deve seguir até uma decisão da categoria em assembleia.

• Sem adiantamento do salário, rodoviários tentam voltar ao trabalho
• Rodoviários garantem manter a greve, mesmo com corte nos salários

“Parte dos funcionários não está de acordo com o desconto e com a volta ao trabalho antes do dissídio da categoria. Uma pequena parcela está sendo pressionada, mas a grande maioria quer permanecer em greve até que seja resolvido a questão do dissídio coletivo”, declarou Diego, que é motorista da Unibus.

No começo desta quinta-feira dois veículos da Unibus chegaram a sair da garagem, mas retornaram por temor de retaliação dos grevistas. Nesta tarde, às 15h, ocorre uma nova reunião entre empresário e rodoviários no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 4ª região. Representantes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), da Prefeitura da Capital e do Ministério Público do Trabalho também irão participar do encontro que visa dar fim à greve.

Com informações do repórter Dico Reis


Bookmark and Share


TAGS » Greve, Geral, Ônibus