Porto Alegre, sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

  • 10/02/2014
  • 12:25
  • Atualização: 12:57

Cinegrafista atingido por rojão no Rio tem morte cerebral

Santiago Ilídio Andrade, de 49 anos, estava internado desde a última quinta

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio divulgou nota nesta segunda em que confirma a morte encefálica do cinegrafista da Band Santiago Ilídio Andrade, de 49 anos, atingido por um rojão durante um protesto na semana passada. Andrade fazia a cobertura de manifestação contra o aumento do valor da passagem de ônibus. Ele teve afundamento do crânio e perdeu parte da orelha esquerda. Ele tinha mais de 20 anos de profissão e trabalhava há 10 anos na Rede Bandeirantes. Santiago era casado e pai de quatro filhos

O dignóstico de morte cerebral feito pela equipe de neurocirurgia do Hospital Municipal Souza Aguiar, onde ele estava internado no Centro de Terapia Intensiva desde a noite de quinta-feira.

"A pedido da família, a SMS torna público o agradecimento a todos os que torceram pelo seu restabelecimento e que, num ato de solidariedade, atenderam ao chamado para doar sangue ao Hemorio", encerra a nota.

Bookmark and Share


TAGS » Protesto, Geral