Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 21/02/2014
  • 09:33
  • Atualização: 10:42

Servidores da saúde realizam protesto em Porto Alegre

Cerca de 200 trabalhadores fizeram caminhada pelas ruas centrais

  • Comentários
  • Correio do Povo

Cerca de 200 servidores municipais da saúde protestaram por melhores condições de trabalho na manhã desta sexta-feira em frente ao Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre (HPS). Pouco depois das 9h, uma passeata partiu da avenida Osvaldo Aranha, sentido bairro-Centro, em direção ao Paço Municipal, onde está programado um ato contra a Prefeitura da Capital.

Os trabalhadores que se concentraram na esquina da avenida Venâncio Aires com a Osvaldo Aranha, pediram o apoio da população com placas e faixas durante o fechamento das sinaleiras em ambos os sentidos. O trânsito ficou bloqueado no local.

Nessa quinta-feira, servidores de algumas unidades básicas de saúde, do Hospital Presidente Vargas e do Hospital de Pronto Socorro,realizaram 24 horas de paralisação, o que ocasionou na redução dos atendimentos de emergência e na superlotação três vezes acima da capacidade.

Uma reunião está agendada para às 15h30min, na Secretaria Municipal de Planejamentos Estratégicos e Orçamento, onde Prefeitura e servidores do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (SIMPA) devem debater as propostas de regulamentação das 12 horas de plantões por mês e a aplicação de um abono de 40% à títulos de insalubridade para todos os funcionários que trabalham com saúde pública.

Com informações do repórter Jerônimo Pires


Bookmark and Share


TAGS » Saúde, Hospital, Geral