Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 22/02/2014
  • 22:14
  • Atualização: 22:25

Presidente destituído da Ucrânia tenta subornar guardas para deixar o país

Viktor Ianukovytch fugiria para a Rússia

  • Comentários
  • AFP

O presidente ucraniano destituído, Viktor Ianukovytch, tentou neste sábado subornar guardas de fronteira em Donetsk para escapar da Ucrânia de avião, informou à AFP um oficial da força.

Ianukovytch, destituído pelo Parlamento neste sábado, abandonou Kiev e seguiu para seu feudo em Kharkiv, no leste do país, onde concedeu uma entrevista à TV local, mas seu paradeiro era ignorado na noite deste sábado. "Um avião particular que pretendia decolar do aeroporto de Donetsk não recebeu autorização e quando os oficiais foram verificar os documentos, encontraram homens armados que tentaram suborná-los", declarou à AFP o porta-voz da guarda de fronteira, Sergiy Astahov.

"Pouco tempo depois, dois veículos blindados pararam ao lado do avião e o presidente partiu do aeroporto".

O porta-voz não precisou qual seria o destino do avião, mas segundo o novo presidente do Parlamento ucraniano, Olexandre Tourtchinov, o presidente destituído fugiria para a Rússia.

"Ele tentou pegar um avião rumo à Rússia mas os guardas da fronteira o impediram. Atualmente, está escondido em algum lugar da região de Donetsk", disse Tourchinov, citado pela agência Interfax. Donetsk é a região natal de Yanukovytch e seu bastião político.

Bookmark and Share


TAGS » Ucrânia, Kiev