Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
17º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

02/03/2014 09:40

Ucrânia acusa Rússia de ter "declarado guerra"

Premiê disse que país se "encontra à beira do desastre"

Menino se esquenta próximo a uma barricada em Kiev<br /><b>Crédito: </b> Louisa Gouliamaki / AFP / CP
Menino se esquenta próximo a uma barricada em Kiev
Crédito: Louisa Gouliamaki / AFP / CP
Menino se esquenta próximo a uma barricada em Kiev
Crédito: Louisa Gouliamaki / AFP / CP

A Ucrânia se "encontra à beira do desastre", após a "declaração de guerra" feita pela Rússia, declarou neste domingo o primeiro-ministro Arsenii Iatseniuk. "É o alerta vermelho. Não é uma ameaça, é, na verdade, uma declaração de guerra ao meu país", disse. "Nós pedimos para que o presidente Putin retire suas forças armadas e cumpra suas obrigações internacionais, assim como os acordos bilaterais e multilaterais entre a Rússia e a Ucrânia", acrescentou.

"Se o presidente russo quer ser o presidente que iniciou uma guerra entre dois países vizinhos e amigos, entre a Ucrânia e a Rússia, ele está perto de alcançar este objetivo", disse Iatseniuk, falando em inglês durante um pronunciamento para a imprensa no Parlamento. "A Rússia não tinha qualquer razão para invadir a Ucrânia e nós acreditamos que nossos parceiros, assim como toda a comunidade internacional, apoiarão a manutenção da integralidade do território ucraniano, e farão o possível para impedir este conflito militar provocado pela Rússia", afirmou.

A Ucrânia anunciou neste domingo a convocação de seus reservistas após a ameaça russa de intervenção militar em seu território.

Bookmark and Share

Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.