Porto Alegre, terça-feira, 25 de Novembro de 2014

  • 05/03/2014
  • 15:58
  • Atualização: 16:12

Maduro adverte a OEA que não permitirá ingerência na Venezuela

Organização vai se reunir nesta quinta-feira para discutir situação no país venezuelano

Maduro adverte a OEA que não permitirá ingerência na Venezuela | Foto: Marcelo Garcia / AFP / CP

Maduro adverte a OEA que não permitirá ingerência na Venezuela | Foto: Marcelo Garcia / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O presidente Nicolás Maduro advertiu nesta quarta-feira que não permitirá qualquer ingerência na Venezuela por
parte da Organização de Estados Americanos (OEA). A entidade se reinirá nesta quinta em Washington para discutir a situação no país sacudido há um mês pro protestos que já deixaram 18 mortos.

"Vou responder com força e contundência a qualquer tentativa de qualquer governo da América de se meter nos assuntos internos da Venezuela, não aceito intervencionismos em meu país", declarou Maduro em um discurso em Caracas durante um desfile cívico-militar por ocasião do aniversário de primeiro ano da morte do líder Hugo Chávez.


Bookmark and Share