Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

  • 14/04/2014
  • 11:23
  • Atualização: 11:41

GHC começa a reagendar cirurgias canceladas em função da greve

Pacientes mais debilitados terão prioridade

  • Comentários
  • Jerônimo Pires / Rádio Guaíba

O Grupo Hospital Conceição (GHC) começou a remarcar nesta segunda-feira as cirurgias e consultas canceladas durante a greve de 15 dias dos servidores. Conforme dados da direção do complexo, 559 procedimentos foram suspensos. Terão prioridade no agendamento os pacientes mais debilitados.

O diretor-superintendente do GHC, Carlos Eduardo Neri Paes, ressaltou que a falta de pessoal, causada pela greve, foi a principal causa dos cancelamentos. Ele não soube estimar um prazo para a realização de todas as cirurgias. O Grupo compreende os hospitais Conceição, Criança Conceição, Fêmina e Cristo Redentor, além da UPA Moacyr Scliar.

Bookmark and Share