Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 17/04/2014
  • 08:23
  • Atualização: 08:46

Piada com cabelo de Kim Jong-Un vira incidente diplomático em Londres

Embaixada da Coreia do Norte considerou caso um desrespeito ao líder do país

Embaixada da Coreia do Norte considera o caso como um desrespeito ao líder do país | Foto: KNS KCNA / AFP / CP

Embaixada da Coreia do Norte considera o caso como um desrespeito ao líder do país | Foto: KNS KCNA / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Um cartaz de um salão de Londres que fazia piada com o penteado do líder norte-coreano Kim Jong-Un ameaça virar um incidente diplomático depois que Pyongyang enviou uma carta de protesto a Londres. "Recebemos uma carta da embaixada da República Popular da Coreia do Norte e a responderemos no tempo devido", informou o Foreign
Office.

A carta é o episódio mais recente da disputa, que começou quando funcionários da embaixada da Coreia do Norte exigiram que o salão de Londres retirasse um anúncio que fazia piada com o penteado de Kim Jong-Un. No cartaz, Kim aparece com seu penteado peculiar - dividido no meio com a parte inferior raspada - e a legenda: "Penteado ruim? 15% de desconto em todos os cortes de cabelo para homens durante o mês de abril". A polícia britânica precisou entrar em ação ante a presença dos funcionários da embaixada. "Os agentes conversaram com as duas partes e não constataram nenhum delito", disse um porta-voz da polícia.

Mo Nabbach, proprietário do estabelecimento, disse ao jornal London Evening Standard que dois funcionários da representação norte-coreana fizeram fotos do salão M&M Hair Academy no bairro de Ealing. Depois de tirar as fotos, ordenaram a retirada do cartaz porque era "desrespeitoso", disse Nabbach. "Eu falei para eles que isto é a Inglaterra, não a Coreia do Norte, e que procurassem advogados", relatou Nabbach. "Os dois caras estavam usando ternos e eram bastante sérios. Foi assustador", completou.

À frente do regime totalitário da Coreia do Norte desde 2011, Kim Jong-Un tem um corte de cabelo muito parecido com o do avô, Kim Il-Sung, chamado de "presidente eterno" e que governou o país entre 1948 e 1994.

Bookmark and Share