Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 23/04/2014
  • 13:54
  • Atualização: 14:18

Setor hoteleiro espera mudança no perfil de turismo após a Copa

Presidente do SindiPoa acredita que Porto Alegre deixará de ser procurada apenas para negócios

Transformação se dará em decorrência da qualificação da mão de obra, oportunizada pela Copa | Foto: Ricardo Giusti / PMPA / CP

Transformação se dará em decorrência da qualificação da mão de obra, oportunizada pela Copa | Foto: Ricardo Giusti / PMPA / CP

  • Comentários
  • Karina Reif / Correio do Povo

Uma mudança no perfil de turismo da Capital é esperada pelo setor hoteleiro e gastronômico após a Copa do Mundo. O presidente da Sindicato de Hotelaria e Gastronomia de Porto Alegre (SindiPoa), Henry Chmelnitsky, disse nesta quarta-feira, durante café da manhã da entidade, que a cidade poderá deixar de ser somente procurada para negócios.

A transformação, conforme Chmelnitsky, se dará em decorrência da qualificação da mão de obra, oportunizada pela Copa. “O nosso grande trunfo em relação às outras cidades será o acolhimento do turista. A Copa existe e tem data para começar e acabar. Temos que tirar o máximo de proveito”, explicou.

O prefeito José Fortunati disse, no encontro realizado na sede do SindiPoa, que o município entrará para o mapa do mundo e isso reverterá em um legado para a população. “As pessoas que nos visitam param para conhecer um outro Brasil, sem praias. As oportunidades fazem a nossa cidade cada vez melhor”, declarou aos empresários do setor.

Além do ramo hoteleiro e gastronômico, representantes do varejo, como o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Porto Alegre, Gustavo Schifino, estiveram no encontro. Ele destacou que o comércio deve se beneficiar durante a Copa e continuar a colher frutos no período posterior. “Será o melhor Natal para a rede hoteleira, gastronômica e de varejo”, assegurou, lembrando dos recursos financeiros que estarão circulando na cidade até o fim do ano em virtude do aquecimento do turismo.

O secretário de Turismo, Luiz Fernando Moraes, e o secretário de Gestão e Acompanhamento Estratégicos,Urbano Schmitt, além do diretor-geral do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), André Carús, estiveram no café da manhã e ouviram as pautas das entidades ligadas ao setor.

Bookmark and Share