Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 17/05/2014
  • 19:24
  • Atualização: 19:42

Menino morto em colisão na BR 290 estava em cadeira de segurança

Carro foi atingido por motorhome e prensado contra carreta

Carro foi atingido por motorhome e prensado contra carreta | Foto: Álvaro Grohmann / Especial / CP

Carro foi atingido por motorhome e prensado contra carreta | Foto: Álvaro Grohmann / Especial / CP

  • Comentários
  • Jerônimo Pires / Rádio Guaíba

O menino de sete anos que morreu em acidente na BR 290, neste sábado, é Vitor Andrade Tyszkiewcz. Apesar de estar em uma cadeira de segurança para crianças, ele não ressistiu à colisão que envolveu cinco veículos e morreu na hora.  Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o garoto estava num Nissan Sentra com os pais – Natalina Andrade Tyszkiewcz e André Tyszkiewcz – que ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital Cristo Redentor (HCR) em Porto Alegre.  

Por volta do meio-dia, um motorhome de uma banda de baile provocou o acidente no Km 100 da BR 290, na chegada a Porto Alegre. Primeiro, o veículo bateu contra um furgão Fiat Ducato – carregado de medicamentos e fraldas descartáveis – que ficou desgovernado e tombou em um barranco. Em seguida, uma caminhonete Ford Ranger foi atingida. Na sequência, o Nissan Sentra –  onde estava a família do menino – foi arrastado e prensado contra a traseira de uma carreta Volvo. 

A rodovia ficou bloqueada por cerca de quatro horas e meia, o que gerou congestionamento de 10 quilômetros no sentido Interior-Capital.

Bookmark and Share


TAGS » Acidente, Morte, Geral