Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
15º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/05/2014 07:10 - Atualizado em 23/05/2014 07:43

Suposto artefato causa incêndio no Conselho Tutelar de Alvorada

Homem teria quebrado janela para arremessar objeto contra prédio

Homem teria quebrado janela para arremessar objeto contra prédio <br /><b>Crédito: </b> André Ávila
Homem teria quebrado janela para arremessar objeto contra prédio
Crédito: André Ávila
Homem teria quebrado janela para arremessar objeto contra prédio
Crédito: André Ávila

Um suposto artefato explosivo foi arremessado na madrugada desta sexta-feira contra o Conselho Tutelar de Alvorada, na região Metropolitana. Houve um princípio incêndio no prédio localizado na rua Contabilista Vítor Brum, próximo à prefeitura do município.

Segundo informações de testemunhas, um homem teria quebrado uma das janelas do prédio e jogado o artefato explosivo. O princípio de incêndio foi debelado pelo Corpo de Bombeiros, acionado por volta das 3h. Parte do material foi recolhido e encaminhado para a perícia da Polícia Civil. Ninguém ficou ferido após o incidente.

Em dois dias, este é o terceiro caso de ataque com artefato explosivo. Nessa quinta-feira, dois crimes ocorreram em sequência em Porto Alegre e em Eldorado do Sul. Na Capital, o prédio da Justiça Militar foi alvo de um coquetel molotov, que causo incêndio por volta da meia-noite. De acordo com testemunhas, o artefato partiu de um carro de cor branca.

Cinquenta minutos depois, a casa do prefeito Sérgio Munhoz, em Eldorado do Sul, também foi atingida por um artefato explosivo. Conforme a Polícia Civil, portas, janelas e telhado da residência, localizada no bairro Sans Souci, foram danificados. Munhoz e a família, que estavam na casa no momento do ataque, saíram ilesos.  

Bookmark and Share


Fonte: Jerônimo Pires / Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.