Porto Alegre

14ºC

ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 28 de Junho de 2016

  • 29/06/2014
  • 10:16
  • Atualização: 12:48

Enchentes deixam mais de 7 mil pessoas fora de casa no RS

Número de municípios atingidos pelas chuvas subiu para 55

  • Comentários
  • Correio do Povo e MetSul

As enchentes que atingiram o Rio Grande dos Sul nos últimos dias deixaram 7.249 pessoas fora de suas casas, segundo boletim divulgado neste domingo pela Defesa Civil. Há 4.769 pessoas desalojadas (pessoas as quais não necessitam de abrigo, pois estão em casa de parentes, vizinhos ou outro imóvel) e 2.480 desabrigados (pessoas que necessitam de abrigo). O documento revela que subiu para 55 o número de municípios gaúchos atingidos pelas enchentes.

Devido a um ciclone extratropical, o Rio Grande do Sul terá neste domingo o oitavo dia seguido de instabilidade, segundo a MetSul Meteorologia. Chove na maioria das regiões e a previsão é de chuva forte a intensa em pontos da Metade Sul e Campanha. Os ventos chegaram a 90,7 km/h em Canguçu; 81,3 km/h em Rio Grande; 78,2 km/h em São Gabriel; 64 km/h em Herval e 62,6 km/h em Caçapava do Sul.

Na região central do Estado, a Defesa Civil de Santa Maria está em alerta. Moradores das encostas dos morros estão sendo monitorados e orientados para que procurem deixar o local e tentarem abrigo em casas de parentes. Em virtude do grande volume de chuva, residências localizadas no Passo da Ferreira, Bairro Campestre do Menino Deus e Vila Urlândia estão sendo ameaçadas pela água. A região que mais preocupa é a da Vila Bilibio, localizado as margens da BR 158, entre Santa Maria e Itaara. O rio Vacacaí na divisa do municipio de Santa Maria com São Sepé transbordou e atingiu várias residências no distrito do Passo do Verde e a àgua ameaça invadir a pista da BR 392. 

A forte chuva derrubou a cabeceira de uma ponte na RSC 287, rodovia que faz a ligação entre Candelária e Novos Cabrais. O tráfego de veículos está sendo desviado por Cachoeira do Sul, pela BR 290.

Durante a madrugada, dois pescadores ficaram ilhados na localidade de Campo da Pedra, próximo ao municipio de Dilermando de Aguiar. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e resgatou os mesmos.

Confira a lista das cidades atingidas

Cruzaltense

Barão do Cotegipe

Getulio Vargas

Erechim

Centenário

Jacutinga

Itatiba do Sul

Aratiba

São José do Ouro

Floriano Peixoto

São João da Urtiga

Paim Filho

Carlos Gomes

Aurea

Erval Grande

Marcelino Ramos

Barra do Rio Azul

Maximiliano de Almeida

Ponte Preta

Nonoai

Viadutos

Caiçara

Campo Novo

Tenente Portela

Jaboticaba

Pinhal

Palmitinho

Pinheirinho do Vale

Cristal do Sul

Cerro Grande

Iraí

Novo Tiradentes

Alpestre

Frederico Westphlen

Barra do Guarita

Esperança do Sul

Tiradentes do Sul

Derrubadas

Ametista do Sul

Crissiumal

Chiapeta

Vicente Dutra

Nova Candelaria

Tres de Maio

Porto Vera Cruz

Novo Machado

Porto Xavier

Alecrim

Roque Gonzales

Doutor Mauricio Cardoso

Porto Lucena

Porto Mauá

Unistalda

São Borja

Itaqui

* Com informações do repórter Renato Oliveira

Bookmark and Share