A força estará com vocês neste 4 de maio

A força estará com vocês neste 4 de maio

Criado a partir do trocadilho sonoro, ‘May, The Fourth’, Dia do Star Wars será comemorado com diversas atrações nesta segunda-feira pelo mundo

Carlos Corrêa

Apesar de ter faturado US$ 1,07 bilhão, "A Ascensão Skywalker", lançado em dezembro do ano passado, foi o filme menos lucrativo da nova trilogia

publicidade

As aventuras dos Skywalker podem ter chegado ao fim em dezembro do ano passado, mas a saga Star Wars está bem longe disso. Uma das maiores franquias do mundo do entretenimento tem o seu "feriado" especial comemorado nesta segunda-feira, uma data que surgiu a partir de um trocadilho. Uma das frases mais famosas da série é o "Que a Força esteja com você", em inglês "May the Force be with you". Daí para os fãs associarem o May 4th (4 de maio, em inglês) a "May the Force" não precisou muito. A primeira grande celebração neste sentido foi organizada em 2011, em Toronto, no Canadá. A Disney, que não é boba nem nada, e havia adquirido os direitos da saga no final de 2012, passou a organizar uma programação especial desde 2013 para saciar a vontade do público ávido por qualquer novidade ligada aos personagens. Neste 2020, a grande atração nas comemorações incluem a estreia de 18 curtas animados de "Galaxy of Adventures" e outros três de "Star Wars Rollout", todos no canal Disney XD, na TV paga.

 

"Galaxy of Heroes" traz, em versão animada, uma série de momentos icônicos da série redesenhados para uma nova geração de fãs. O primeiro deles será lançado nos canais oficiais da Disney no YouTube e nas redes sociais, enquanto serão exibidos também ao longo do dia na programação do Disney XD, sendo que serão três novos episódios por semana. Já "Star Wars Rollout" tem como grande protagonista BB-8, o droide que foi revelado na última trilogia e conquistou uma imensa gama de fãs. Além disso, o Disney XD exibe, a partir das 10h desta segunda-feira episódios temáticos de "Lego Star Wars: All Stars" e "Phineas e Ferb: Star Wars". A programação especial se encerra às 21h, com a exibição de "Star Wars: O Despertar da Força", o filme que iniciou a nova trilogia e apresentou personagens como Rey, Kylo Ren e Finn.


Como a pandemia do novo coronavírus impede a aglomeração de muitas pessoas em um mesmo local, os organizadores da Star Wars Celebration, em parceria com a New York Comic Con organizaram um evento online para não deixar a data passar em vão. A programação se estende até amanhã - outro trocadilho com data, o Revenge of the 5th - e traz além de sessões dos filmes comentados, uma série de painéis sobre uma das sagas mais importantes e lucrativas da história do cinema. As atrações se iniciam às 11h (de Brasília), com os comentários no Twitter de "Star Wars - Uma Nova Esperança", o filme que começou tudo, e seguem até as 23h, com uma sessão comentada de "O Retorno de Jedi". Amanhã, o evento continua com novas rodadas de comentários de filmes e painéis e se encerra às 18h30, com uma entrevista com Brian Herring, responsável pelo controle de BB-8 nos filmes. A programação completa pode ser encontrada em NYCC20.com/Force.

 

Para além das comemorações do May the 4th, o futuro da saga parece ter um futuro mais estabelecido na televisão do que nas telas do cinema. Apesar de ter faturado US$ 1,07 bilhão, "A Ascensão Skywalker", lançado em dezembro do ano passado, foi o filme menos lucrativo da nova trilogia, ficando atrás de "O Despertar da Força" (US$ 2,06 bilhões) e "O Último Jedi" (US$ 1,31 bilhão). Os produtores asseguram que a saga Skywalker chegou ao fim, mas que novas possibilidades no universo Star Wars serão exploradas daqui para frente. No entanto, não há qualquer previsão sobre um novo filme. Enquanto isso, as séries feitas para a TV surgem como apostas mais sólidas. "The Mandalorian", que estreou nos EUA no ano passado, tornou-se um sucesso de público, em grande parte pela introdução do Baby Yoda, e já teve renovada não só sua segunda temporada, que estreia ainda este ano, como uma terceira. Como faz parte do canal de streaming Disney+, ainda não há previsão oficial de estreia no Brasil, ainda que se especule que o canal chegue por aqui no final do ano. Além de "The Mandalorian", outras três séries devem sair pelo Disney+: uma focada em Obi Wan Kenobi, com Ewan McGregor; outra que contará o passado de Cassian Andor, personagem de "Rogue One"; e uma terceira, ainda sem maiores detalhes, a ser produzida por Leslye Headland, co-criadora do seriado "Bonecas Russas". Por fim, mas não menos importante, vale ressaltar que todos os filmes da série, incluindo "A Ascensão Skywalker" estão disponíveis no Brasil desde sexta-feira passada no Prime Video, a plataforma de streaming da Amazon.


Programação do Star Wars Day


SEGUNDA - 4 DE MAIO

Durante o dia - “Galaxy of Heroes” e “Star Wars Roll Out” (YouTube e Disney XD) 
1h - Star Wars - Uma Nova Esperança (Twitter)
14h - Entrevista com Ashley Eckstein (Facebook)
15h - O final de "Clone Wars" (Twitter)
16h30 - Entrevista com Vanessa Marshall (Facebook)
17h15 - Star Wars Rebels (Twitter)
19h - Entrevista com autores dos livros da saga (Facebook)
19h - 501st Legion (Facebook)
20h - O Império Contra-Ataca (Twitter)
23h - O Retorno de Jedi (Twitter)

TERÇA - 5 DE MAIO
10h - A Vingança dos Sith (Twitter)
12h - Dicebreaker joga ao vivo com o público (YouTube)
13h - Thomas Schuster vai à Tunísia, local das gravações (Facebook)
14h - Painel com autores de HQs de Star Wars (Facebook)
15h30 - A Ascensão Skywalker (Twitter)
18h30 - Entrevista com Brian Herring (Facebook)
20h - Gameplay de Star Wars: Jedi Fallen Order (Facebook)
21h - Han Solo: Uma História Star Wars (21h)


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895