Alec Baldwin repete tragédia com filho de Bruce Lee 28 anos atrás

Alec Baldwin repete tragédia com filho de Bruce Lee 28 anos atrás

Astro de Hollywood disparou contra diretora de fotografia e ela não resistiu aos ferimentos

R7

Brandon Bruce Lee morreu aos 28 anos

publicidade

A morte da diretora de fotografia do filme Rust, Halyna Hutchins, de 42 anos, depois que o astro de Hollywoord Alec Baldwin disparou uma arma cenográfica em um set de filmagem, nessa quinta-feira, repete uma tragédia com os mesmos detalhes ocorrida há 28 anos.

Em março de 1993, durante as gravações do filme "O Corvo", o ator Brandon Lee, filho de Bruce Lee, morreu nas mesmas circunstâncias. O colega de trabalho Michael Masse disparou o que deveria ser um tiro de festim contra o peito de Brandon Lee, que morreu aos 28 anos.

A irmã de Brandon Lee, que abastece o perfil do Twitter do irmão em homenagem a ele, se pronunciou nesta sexta-feira depois da tragédia que envolveu Alec Baldwin: "Nossos corações estão com a família de Halyna Hutchins e Joel Souza e todos os envolvidos no acidente em Rust. Ninguém deveria ser morto por uma arma em um set de filmagem. Ponto".

Tragédia em set de filmagem

Nessa quinta-feira, o ator Alec Baldwin disparou a arma cenográfica que deixou um morto e um ferido no estado americano do Novo México, informou o gabinete do xerife do condado de Santa Fé."O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no set de Rust foram a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator e produtor Alec Baldwin", informa o comunicado. Hutchins "foi transportada de helicóptero para o Hospital da Universidade do Novo México, onde foi declarada morta pela equipe médica", acrescenta o texto.

Veja Também


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895