As inspiradas sonoridades locais desta quinta-feira
capa

As inspiradas sonoridades locais desta quinta-feira

Agenda inclui projetos do Instituto Ling, Theatro São Pedro, Centro 25 de Julho e PUCRS

Por
Vera Pinto

Vitor Ramil, às 21h, contará algumas de suas histórias e cantará na série “No Meu Canto”


publicidade

A agenda local de música desta quinta abre com "Audições Comentadas de Música Erudita", às 16h, em uma promoção do Instituto Ling. Nas celebrações dos 250 anos de nascimento de Ludwig Van Beethoven, os curadores do projeto, Olinda Alessandrini e Tiago Halewicz, que irá abordar histórias e curiosidades de grandes compositores da música clássica, os pianistas irão mostrar um pouco da genialidade do compositor, através de detalhes de sua biografia, com a execução de obras especialmente selecionadas para esta edição. As inscrições para a atividade são feitas no site institutoling.org.br.

Pablo Lanzoni, às 18h30min, pelo projeto Mistura Fina – Música Para Fugir do Trânsito, promovido pelo Theatro São Pedro. O cantor e compositor irá mesclar canções de seu trabalho de estreia, “POA_MVD” com temas que compõe o novo álbum, “Valentia Tempo Voz” - em fase de finalização - e uma releitura de Vitor Ramil. Em suas canções, as diversas faces do cotidiano, em roupagens bucólicas e urbanas, são exploradas por meio da força de sua voz e pelas diferentes instrumentações que a acompanha. Seus últimos projetos incluem o formato solo violão/voz, o duo vocal/instrumental com Paola Kirst, além de sua inserção no trio A Ponte, do qual se torna o quarto elemento. Vencedor do Melhor Álbum de MPB do Prêmio Açorianos de Música 16/17, Pablo Lanzoni tem circulado em espaços e projetos dedicados à canção e à cena autoral com diferentes formações. Além de “POA_MVD”, sua discografia apresenta os singles digitais “Barabá” e “Pretextos”.  A transmissão ocorrerá pelo link : www.facebook.com/misturafinamusica/.

Às 20h tem Sarau do 25 em Casa, tendo como convidado o Duo de Viola e acordeon composto por Valdir Verona e Rafael de Boni, pelo Facebook @centrocultural25. Criado em 2006, o duo toca desdeo repertório sulino ao erudito, da música regional brasileira à MPB e jazz, sendo que no evento se concentrará na música do sul do Brasil. Com contribuição espontânea, a verba arrecadada será doada pelos artistas para aquisição de cestas básicas, em prol de trabalhadores das artes que estejam precisando. 

A série de lives “No Meu Canto”, criada pelo Instituto de Cultura da PUCRS, a partir da readequação das ações culturais perante o distanciamento social imposto pelo Coronavírus, recebe Vitor Ramil. O artista gaúcho conversa sobre sua trajetória na música a interpreta algumas de suas canções em live mediada pelo diretor do Instituto de Cultura, Ricardo Barberena, hoje, a partir das 21h,  no perfil @pucrscultura, no Instagram. Com doze álbuns gravados, o cantor, compositor, violonista e escritor já trabalhou com Egberto Gismonti, Wagner Tiso, Luis Avellar, Zizi Possi e Tetê Espíndola, tendo suas canções interpretadas por nomes como Mercedes Sosa e Gal Costa. Ele é autor dos livros “Pequod, Satolep”, “A Primavera da Pontuação” e “A Estética do Frio”. Recentemente apresentou seu projeto “Avenida Angélica”, realizado a partir dos poemas de Angélica Freitas.