As invenções de Pedro Luis e Batman

As invenções de Pedro Luis e Batman

Macro Websérie investiga os caminhos possíveis da criação, de hoje ao dia 26, pelo YouTube

Pedro Luis e Batman Zavareze comandam a websérie em dez episódios

publicidade

Depois de lançar o projeto “Macro” (2019), a dupla de artistas Pedro Luis e Batman Zavareze investiga os caminhos possíveis da criação, tendo a tela como mediadora, em web série diária de dez episódios, oito deles com convidados. A estreia é nesta quarta, 17 de março, às 9h, no canal do Macro: youtube.com/channel/UCX_BARzdX72GM5ec0OQLy1Q. O neologismo-síntese “ouver” aponta os caminhos da Macro Websérie. O projeto audiovisual reúne o cantautor Pedro Luís e o artista multidisciplinar Batman Zavareze numa espécie de raio-x do processo criativo mediado pelas telas.

Em 10 episódios, lançados um por dia até 26 de março, os dois artistas vão destrinchar os caminhos possíveis da arte em tempos de distanciamento forçado, em entrevistas com Caio Prado, Bebeto Abrantes, Jhê, Elisa Mendes, Késia Estácio, Pedro Bronz, Yuri Queiroga e Cubículo. O projeto foi viabilizado graças ao patrocínio dos governos federal, do estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, pelo edital Retomada Cultural da Lei Aldir Blanc. "Macro é um delírio", define Pedro. E o delírio consiste em expor a nudez do processo criativo em todas as possibilidades, linguagens e narrativas, desde o lampejo das ideias até o alcance dos sentidos, passando pela elaboração do discurso, seja ele apoiado em som ou imagem. 

No episódio de estreia, "Vamos inventar?", que vai ao ar hoje, 9h, os anfitriões se provocam sobre os limites que a comunicação remota impõe – ou não – ao fazer artístico e invenções colaborativas. Diariamente, a dupla "recebe" um artista convidado, que além de ser estimulado a refletir sobre a questão, apresenta peça artística de sua autoria (canção, fotografia, vídeo, animação, colagem, poema, tudo vale a pena).


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895