Atrativos históricos-culturais são suspensos após medidas de reforço do distanciamento social

Atrativos históricos-culturais são suspensos após medidas de reforço do distanciamento social

Apenas foi mantida a realização do POA Drive-in Show neste final de semana em Porto Alegre

Gabriel Guedes

Vários locais que estavam funcionando de forma controlada, como bibliotecas e museus, agora estão fechados

publicidade

Com o reforço das medidas de combate à Covid-19, um dos setores afetados são as atividades e serviços na área da cultura em Porto Alegre. 

Conforme determinação do Decreto 20.625, assinado pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior na terça-feira, vários locais que estavam funcionando de forma controlada, como bibliotecas e museus, agora estão fechados, somando-se aos teatros e pinacotecas, que já vinham sem funcionar desde o começo da pandemia. 

Ao todo, 16 equipamentos - termo utilizado para designar os espaços que dão suporte a estas atividades culturais - mantidos pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC) da Capital estão fechados. Apenas o atendimento do órgão segue funcionando, de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 12h, e das 13h30min às 18h. O único evento mantido na Capital é a realização do POA Drive-in Show, que começa neste final de semana. 

O secretário Luciano Alabarse explicou que houve flexibilização em áreas distintas da cultura porto-alegrense. “Bibliotecas e museus, cheios de protocolos, funcionaram assim. A Biblioteca Josué Guimarães, muito frequentada desde que voltou, funcionava por agendamento. E as pessoas iam lá e pegavam os livros. Agora não há um prazo ou uma perspectiva de voltarem a funcionar”, afirmou.

Cinemas seguem fechados. Foto: Mauro Schaefer 

Segundo Alabarse, quem vai determinar a retomada, são as autoridades da saúde. “Porto Alegre é uma cidade cheia de teatros e cinemas. Claro que a gente quer que tudo volte ao normal”, disse. 

O setor da cultura e entretenimento é um dos que mais está sendo afetados pela Covid-19 e quem trabalha na área está tendo que se reinventar. “É um período em que a gente está aprendendo a trabalhar de outras formas. Casas fechadas, artistas sem fazer shows. Estamos vendo uma quantidade incrível de lives, de encontros, como se a gente estivesse se apropriando de algo novo”, contou o secretário.

POA Drive-in Show começa neste final de semana 

Apesar do rigor das medidas, uma inovação vai permitir um momento de descontração em meio a um dos momentos mais críticos do enfrentamento ao novo coronavírus em Porto Alegre e em todo Rio Grande do Sul.  

O POA Drive-in Show inicia neste final de semana, no Estacionamento da EPTC (Rua Carlos Medina, ao lado do Estádio Beira-Rio), com shows do Guri de Uruguaiana, Chimarruts, Orquestra da Ulbra – Renato Borghetti e Ernesto Fagundes, com regência de Tiago Flores; e Tributo ao Tim Maia com Tonho Crocco.  

O coordenador de Música da SMC, Henry Ventura, afirmou que todos os protocolos serão respeitados. Segundo ele, os artistas estarão bem distantes um do outro, por causa do grande palco. 

Já o público terá a temperatura controlada no acesso e os veículos terão uma boa distância uns dos outros. “As medidas não interferem na modalidade drive-in. É a única modalidade de ação que conseguimos fazer. Porque há distanciamento social e a distância é de dois metros entre carros”, garantiu Ventura. 

O POA Drive-in Show segue até setembro e terá contrapartidas sociais, como o auxílio a artistas em vulnerabilidade social e apoio à Campanha do Agasalho 2020. Há datas que serão de responsabilidade da Prefeitura e das empresas Impacto Vento Norte e Best Entretenimento. 

De toda bilheteria, 5% do que for arrecadado vai para a Associação dos Músicos do RS (Asmurs) e nas datas da Prefeitura, 30% da bilheteria vai para o artista que estará se apresentando. “É um novo jeito de fazer eventos e estamos reinventando formatos. Grandes shows que a gente tinha antes da pandemia, tão cedo não teremos de volta”, concluiu o coordenador.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895